União da Vitória tem a melhor educação do Paraná, diz Santin Roveda

O ex-prefeito Santin Roveda disse nesta segunda-feira, 28, que o primeiro lugar da educação de União da Vitória no ranking das smart cities é resultado da atenção prioritária na execução do orçamento público. E do empenho de professores e diretores em prestar um ensino de qualidade desde a formação básica até a superior.

“Investir em educação garante um retorno muito grande em qualidade de vida. Por isso, procuramos requalificar todos os CMEIs e as escolas municipais, através do programa União em Transformação, e também garantir condições de trabalho aos professores, diretores, merendeiras, zeladoras e os demais servidores”, disse.

Santin Roveda não disputou a reeleição para 2021, mas o atual prefeito, Bachir Abbas (PP), foi vice- prefeito e secretário de Cultura durante a gestão de Santin. “A educação sempre foi o nosso foco e tenho que destacar as universidades voltadas também a uma formação cidadã dos seus estudantes”.

Indicadores – O ex-prefeito defende que a educação é um polos que deve ser desenvolvido, com mais investimentos, nas áreas de inovação e tecnologia voltadas às principais atividades econômicas da região. “Temos uma vocação muito forte nesta área e os setores como o agronegócio, produção e serviços precisam de profissionais qualificados. Os jovens não vão precisar se deslocar para outros centros para ter uma formação de ponta”, disse.

Na educação, União da Vitória O município ficou com o primeiro lugar no Paraná, em 11º na região Sul em 22º lugar no ranking nacional de cidades entre 50 e 100 mil habitantes. As escolas da cidade têm bons indicadores desde as notas no Ideb e médias do Enem, exame que contribui de forma significativa o acesso às universidades públicas.

O Connect Smart Cities é um ranking composto por 75 indicadores em 11 eixos: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, empreendedorismo, educação, saúde, segurança, energia, governança e economia. Os dados analisam municípios com mais de 50 mil habitantes, através do mapeamento de cidades inteligentes que traz um primeiro diagnóstico dos serviços oferecidos pelas prefeituras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uenp confirma retorno às aulas presenciais

As aulas presenciais na Uenp serão retomadas regularmente no próximo 7 de fevereiro, seguindo decisão dos conselhos superiores da universidade. A reitoria adiantou que a medida é válida para todos os cursos de graduação e pós-graduação nos três campi: Jacarezinho, Cornélio Procópio e Bandeirantes.

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) lembra que é importante a adoção de todas as medidas sanitárias no combate à propagação da pandemia. “Os estudantes de todos os níveis de ensino devem ficar atentos à programação do curso e aos protocolos de biossegurança para evitar a proliferação da variante ômicron, que tem maior poder de transmissão”, alerta.

A reitora Fátima Padoan disse que a Uenp vai desenvolver atividades remotas de orientação pedagógica e sanitária para a comunidade universitária entre os dias 2 e 4 de fevereiro, para que os estudantes se preparem para o retorno presencial.

Em 2021, a Uenp já havia retomado as atividades presenciais dos cursos da área da Saúde, nos campi de Jacarezinho e Bandeirantes. Portanto, para os alunos deste segmento, as aulas presenciais recomeçam regularmente a partir do dia 2 de fevereiro.

Zé Boni pode ser o candidato de Bolsonaro ao senado no Paraná

José Maria Boni, 43 anos, é natural de Loanda (PR). Foi eleito vereador mais jovem do Brasil em Santa Cruz de Monte Castelo, no noroeste do Paraná, aos 18 anos, em 1996. Exerceu quatro mandatos consecutivos na Câmara da cidade. No governo do Paraná, atuou na Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) durante seis anos e na Casa Civil. O último cargo público que ocupou foi na Corregedoria da Assembleia Legislativa.