Turismo de Itaipu estreia musical infantil com tema natalino

Apresentações de “O rapto do Papai Noel” serão de 17 a 23 de dezembro e terão o Mirante do Vertedouro como cenário. Ingressos já estão à venda.

O que fariam as crianças se um duende enciumado sequestrasse o Bom Velhinho em plena época do Natal? Esse é o mote do musical infantil “O rapto do Papai Noel”, assinado por Anderson Oliveira, que será apresentado em Foz do Iguaçu de 17 a 23 de dezembro, dentro do pacote de atrações do Complexo Turístico Itaipu (CTI).

A produção é da empresa Experiência Entretenimento, que atua no mercado de teatro brasileiro e eventos corporativos, dentro e fora do eixo Rio-São Paulo. Sete atores dividem o palco. O cenário do espetáculo, em Foz do Iguaçu, não poderia ser mais grandioso: o Mirante do Vertedouro da usina de Itaipu.

O local foi inteiramente preparado para a festa. Haverá transporte em ônibus com decoração temática, recepção natalina, Vila de Natal, food truck e parque com brinquedos para as crianças.

As saídas serão sempre das 19h às 19h45, partindo do Centro de Recepção de Visitantes (CRV) da Itaipu. As sessões começam às 20h30. Os ingressos custam R$ 80 por pessoa e já podem ser comprados no site do CTI (www.turismoitaipu.com.br). Crianças de 6 a 11 anos, professores, estudantes, idosos, PCDs e doadores de sangue pagam meia entrada; e crianças com menos de 6 anos não pagam.

O gerente do CTI, Yuri Benites, lembrou que a reforma recente de espaços turísticos da usina, como os mirantes Central e do Vertedouro, permitiu ao setor a ampliação das ofertas aos visitantes. Os ambientes ficaram mais confortáveis e acessíveis. O avanço da vacinação contra a covid-19 no município (e em todo o País) e a queda das internações também dão tranquilidade e segurança para o lançamento de novos projetos.

“Estamos muito animados com a estreia desse produto em um espetáculo de musical infantil, oferecendo aos nossos visitantes uma imersão no espírito de Natal. É um espetáculo para todas as idades, especialmente para as crianças, e será encenado num dos cenários mais icônicos da usina, que é o Mirante do Vertedouro. Quem assistir à peça vai ficar encantado”, afirmou.

Espírito natalino

“O rapto do Papai Noel” já foi apresentado em grandes centros, como Rio de Janeiro e Porto Alegre, e leva ao público uma abordagem contemporânea sobre o verdadeiro espírito de Natal – de acordo com a sinopse divulgada pela produtora.

“Recheado com as mais belas canções natalinas, o espetáculo aborda a estética comercial e renova os conceitos e valores obtidos na data e na lenda do Bom Velhinho”, indica o texto.

O musical conta a história de um duende ambicioso que sequestra Papai Noel e provoca indignação nas crianças, que se unem para resgatar a vítima no Polo Norte. De acordo com a produtora, trata-se de uma “fantástica aventura que os fará perceber o valor dos laços familiares e, principalmente, a grande alegria de simplesmente estarem juntos”.

Retomada do turismo

O lançamento de “O Rapto do Papai Noel” ocorre em momento de retomada da visitação turística nos atrativos da usina. Em novembro, o CTI contabilizou 34.273 visitantes, praticamente igualando o resultado de outubro (com 34.597) – que já tinha sido o melhor mês do ano e o melhor depois do início da pandemia.

Outubro, porém, teve um dia a mais no calendário e um feriado prolongado importante – o Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, caiu neste ano numa terça-feira.

Se novembro também tivesse 31 dias, certamente o resultado teria superado o mês anterior. A média diária de visitação em novembro foi de 1,3 mil turistas – com pico de 2,9 mil visitantes/dia.

O carro-chefe do CTI foi, novamente, a Itaipu Panorâmica, passeio mais procurado pelos turistas, com 27.373 visitantes. O último mês também marcou o retorno do Itaipu Especial, um dos passeios mais desejados e que oferece ao turista um giro completo dentro e fora da usina.

*Natal de Água e Luzes*

O anúncio do musical infantil de “O rapto do Papai Noel” coincide com o início da programação do Natal de Água e Luzes de Foz do Iguaçu, nesta segunda-feira (1º), com a chegada do Papai Noel à Praça da Paz.

Até o dia 5 de janeiro, moradores e turistas terão um cardápio variado de atrações, como projeções mapeadas inéditas no Colégio Mitre e Matriz São João Batista (centro da cidade); iluminação cênica da Ponte da Amizade e da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe; paradas (desfiles) e autos de Natal; apresentações musicais e religiosas, incluindo show do cantor Daniel (dia 19) e missa com o Padre Reginaldo Manzotti (23), ambos no Gramadão da Vila A. Todas as atrações são gratuitas. A iniciativa é da Itaipu Binacional, Prefeitura, Fundo Iguaçu e demais parceiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Onça-pintada é flagrada passeando por rodovia do Parque Nacional do Iguaçu

Onça-pintada foi flagrada em rodovia do Parque Nacional do Iguaçu — Foto: Reprodução

Uma onça-pintada foi flagrada na manhã de quarta-feira (12) passeando por uma rodovia no Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. O local é utilizado por funcionários do Parque e por turistas para acessar as Cataratas do Iguaçu.

O autor das imagens é o brigadista de incêndio do parque, Everson Souza da Silva Faleia. Ele explicou que passa pelo local diariamente orientando os motoristas que utilizam a via, para conscientizar sobre a proteção da fauna no local.

“Estava fazendo monitoramento da rodoviária, no projeto do setor de pesquisa, para evitar animais atropelados na rodovia. Conscientizamos os motoristas que no parque nacional precisamos proteger nossa fauna reduzindo a velocidade e dobrando a atenção.”

Especialistas do Projeto Onças do Iguaçu acreditam que essa seja a onça Indira, que nasceu no parque em 2018 e desde então vem sendo monitorada pelo projeto.

Para ver o vídeo e continuar lendo a matéria acesse G1 Globo.

Obras e melhorias na segurança pública somam investimento de R$ 150 milhões na região de Foz

Cadeia pública de Foz do Iguaçu- Foto: SESP-PARANÁ

A estratégia do Governo do Paraná de preparar projetos e buscar recursos para a construção de novas unidades da segurança pública e a aquisições de materiais está mudando o cenário na região de Foz do Iguaçu, no Oeste.

Quase R$ 150 milhões estão sendo investidos para melhorar a estrutura das polícias para o enfrentamento à criminalidade, pelo Estado e pela Itaipu Binacional. Algumas obras já caminham para a finalização, como as cadeias públicas de Foz do Iguaçu e de Guaíra, o que vai permitir uma readequação da população carcerária na região.

Os dados foram apresentados pelo secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, ao vice-prefeito de Foz do Iguaçu, Delegado Francisco Sampaio, nesta terça-feira (11). Para o secretário, o legado da atual gestão da Segurança Pública é de modernidade e de gestão inteligente na aplicação dos recursos públicos.

“Foi uma reunião muito importante em que apresentamos ações e obras em andamento, bem como as estratégias para fortalecer a segurança pública”, disse. “Isso criou uma motivação extra e uma sinergia para trabalharmos ainda mais nas melhorias do serviço prestado ao cidadão”.

Durante a passagem em Foz do Iguaçu, ele participou da reativação do Grupamento de Turismo da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu no Marco das Três Fronteiras.

O vice-prefeito de Foz do Iguaçu destacou todo o esforço aplicado em obras e investimentos na cidade, e citou também o trabalho da Força Nacional e das polícias estaduais no aumento da segurança no entorno da Ponte Internacional da Amizade. “O secretário é um parceiro da fronteira, trouxe a Força Nacional e arquitetou um plano integrado junto com a Polícia Militar e a Polícia Civil para reforçar as ações nas imediações da Ponte da Amizade, tanto é que estamos há mais de 40 dias sem registro de crime patrimonial naquela localidade”, afirmou Francisco.

Somente do Governo do Estado, com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), são R$ 97.825.868,96 aplicados em favor da modernização das polícias que atuam na região de Foz do Iguaçu. Além deste montante, mais de R$ 50.736.713,27, obtidos por meio da parceria com a Itaipu Binacional, também estão sendo investidos em Segurança Pública.

O vice-prefeito disse ser testemunha das mudanças da área na cidade, principalmente com relação à transferência de gestão de carceragens da Polícia Civil para a Polícia Penal. “Agora temos delegados e investigadores atuando na missão para a qual foram preparados, dando maior atenção às investigações e inquéritos. Isso foi graças ao planejamento da Secretaria, que deu uma atenção especial a esse tema”, disse.

OBRAS – A nova sede do 9° Grupamento de Bombeiros, outra obra de destaque, está com 25% das obras concluídas. As obras da Cadeia Pública de Foz do Iguaçu estão em fase final, com 93%, assim como da Cadeia Pública de Guaíra, com 95% dos trabalhos concluídos. A previsão para entrega das duas unidades é para o primeiro semestre deste ano. Somente com essas duas unidades, serão abertas mais 1,5 mil novas vagas no sistema penitenciário da região.

Já a Delegacia Cidadã de Guaíra padrão II está com previsão de início da obra para fevereiro. Além disso, novas motos BMW foram entregues à Foz e região recentemente e já estão sendo aplicadas no trabalho diário.

PRESENÇAS – A reunião contou com as presenças do secretário municipal de Segurança Pública, Reginaldo José da Silva; do secretário municipal de Turismo, Paulo Angeli; do diretor-superintendente do Foztrans, Licério Santos; do diretor-geral da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu, inspetor Edimar Langnier; do presidente do Codefoz (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu), Felipe González; do subcomandante do 14° Batalhão da PM, major Renato Marchetti; e do representante do Comando do 9° Grupamento de Bombeiros, major Marco Antônio Ferreira Pereira.