Santin Roveda parabeniza juiz da Comarca de União da Vitória por prêmio em projeto de combate à evasão escolar

O ex-prefeito Satin Roveda destacou nesta terça-feira (5) a entrega da premiação do juiz Carlos Eduardo Mattioli Kockanny, da comarca de União da Vitória, pelo primeiro lugar do Prêmio Prioridade Absoluta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no eixo “Protetivo” e categoria “Juiz”. O juiz premiado iniciou o projeto “Combate à Evasão Escolar” em 2008 através da Vara da Infância e Juventude e do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). O prêmio foi entregue na sexta-feira, 1º de outubro,

“É o reconhecimento a um trabalho exemplar e emblemático realizado em União da Vitória. O Cejusc tem uma ótima parceria com o Município, como a instalação de uma unidade no Procon, entre várias outras ações”, disse Santin Roveda.

O projeto identifica, atende e busca solucionar casos de evasão escolar, averiguando as causas do abandono. Tem atuação preventiva através de orientações a pais e responsáveis sobre a importância do estudo e as possíveis consequências do afastamento das crianças e adolescentes das escolas. E ainda, a finalidade de articular e fomentar as redes de proteção com atendimento coletivo e familiar individualizado.

“É o reconhecimento de um trabalho importante, pois interfere diretamente na formação de crianças e adolescentes, evitando que fiquem fora da escola, ainda auxiliando em problemas muito graves que aparecem nos casos de abandono, como bullying, depressão, automutilação, violência familiar, abuso sexual, relacionamentos e gravidez precoces, trabalho infantil, dependência química, entre outros”, completa o Juiz Mattioli.

O Prêmio Prioridade Absoluta destaca ações, projetos ou programas voltados à promoção, valorização e respeito dos direitos de crianças e adolescentes. A iniciativa do CNJ, em parceria com a Unesco, busca o cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente e o Marco Legal da Primeira Infância.

Nesta sua primeira edição recebeu 110 inscrições. Os participantes concorreram nos eixos “Protetivo” e “Infracional”, nas categorias “Empresas e Sociedade Civil Organizada”, “Juiz”, “Poder Público”, “Sistema de Justiça” e “Tribunal”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitos pedem alternativas para financiar transporte

A demanda da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) por alternativas ao financiamento do transporte público mobilizou senadores. Nelsinho Trad (PSD-MS) e Alexandre Giordano (MDB) protocolaram projeto de lei para custear a gratuidade dos idosos. De acordo com a proposta, o programa de assistência à mobilidade dos idosos  vai garantir assistência financeira e diminuir o impacto nas tarifas. Estima-se a destinação de R$ 5 bilhões. Os valores por cidade, conforme a FNP já calculou, serão contemplados por meio de emenda ao projeto. Para Foz do Iguaçu, caberá R$ 7,5 milhões.

Picler será Cidadão Benemérito do Paraná

A Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei do deputado Hussein Bakri (PSD) que concede o título de cidadão benemérito do Paraná ao professor Wilson Picler, chanceler da Uninter.  “O professor Picler sempre se concentrou na inclusão de brasileiros na educação em todos os níveis, como uma forma de desenvolvimento social, científico-tecnológico e econômico. Foi também um dos principais apoiadores do programa de bolsas de estudo Prouni e idealizou a estratégia de adesões antecipadas para retomar o programa”, disse Bakri.