Santa Terezinha de Itaipu sedia Jogos de Aventura e Natureza em dezembro

Santa Terezinha de Itaipu será anfitriã dos Jogos de Aventura e Natureza, na etapa Lindeiros, que será realizada no município nos dias 4 e 5 de dezembro. O projeto inovador une a prática esportiva, o turismo e a natureza em um evento itinerante.

Serão disputadas no município as modalidades esportivas de Hand Beach e Paraciclismo. “Os Jogos de Aventura e Natureza marcam a retomada dos eventos esportivos em nosso município. Estamos felizes e ao mesmo tempo ansiosos para as competições. Não vamos medir esforços para recolocar nossa cidade de volta ao cenário esportivo”, destacou o secretário de Esportes e Lazer, Rêmulo Ramalho.

Haverá troféu e medalhas para as equipes classificadas em 1º, 2º e 3º lugar, além de premiação aos atletas destaques das partidas. Para participar das competições, os interessados devem acessar o site oficial do evento, para confirmar a participação.

Evento – Na edição deste ano, os JANS acontecem em 2 etapas, em 20 municípios de duas regiões do Estado: Litoral e Lindeiros, num total de 30 modalidades. As competições evidenciam as belezas do Paraná, estimular o turismo e movimentar a economia.

Os jogos foram realizados no litoral do Paraná de 29 de outubro a 07 de novembro. A 2ª etapa que acontece nos municípios lindeiros tem início no dia 26 de novembro e segue até o dia 05 de dezembro.

Inscrições
Hand Beach: www.paranahandebol.com.br.
Paraciclismo: www.agendaoffroad.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura de STI lança programa de castração e microchipagem de animais domésticos

Para promover o controle populacional de cães e gatos e atender um pedido da população, a administração municipal de Santa Terezinha de Itaipu, por meio da secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente lançou nesta quinta-feira, 13, um programa inédito para castração e microchipagem de animais domésticos.

Durante a reunião técnica, que contou com a presença da prefeita Karla Galende, do vice-prefeito Vanio Morona, do presidente da Câmara de Vereadores, Valdir Sauthier e da equipe responsável pelo projeto no município, foram destacados os principais objetivos do programa, dentre eles, promover o controle populacional de cães e gatos, a prevenção de zoonoses e estimular a posse responsável, bem como os procedimentos para a participação no programa.

De acordo com a médica veterinária, Mariany Piazza, inicialmente serão ofertadas 500 castrações.  “Será realizada a esterilização cirúrgica de 350 cães e 150 gatos. Os animais castrados também receberão o microchip, um dispositivo eletrônico implantando sob a pele do animal, contendo um código com todos os dados do cão ou gato e do seu tutor”, explicou.

Neste primeiro momento, poderão participar do programa as famílias inscritas no Cadastro Único, beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. Além disso, 20% das castrações e microchipagem, serão destinadas às Associações de Proteção Animal de Santa Terezinha de Itaipu.

“Esse é um projeto bastante aguardado pela nossa população, é um compromisso que assumimos com todos os itaipuenses, com reflexos positivos em diversas áreas. Controle de doenças, conscientização da responsabilidade que temos sobre os cães e gatos, combate aos maus tratos de animais e redução dos animais em condição de abandono”, destacou a chefe do poder executivo, Karla Galende.

Passo a passo

O cadastramento é online e estará disponível a partir de amanhã, 14, no site da prefeitura, na aba protocolo digital. Os interessados deverão informar os dados pessoais e de identificação do animal e anexar os documentos exigidos no formulário online. Caso não seja possível realizar o cadastro pela internet, os interessados poderão fazer o cadastramento presencial diretamente na secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente.

Após análise dos documentos e aprovação para a castração, serão iniciados os procedimentos clínicos no animal, bem como a investigação de Leishmaniose nos cães antes da cirurgia, através da parceria com o departamento de Vigilância em Saúde.

“Antes do procedimento cirúrgico, o animal passará por exames clínicos e laboratoriais para indicar se ele está apto ou não para o procedimento. Os animais que estiverem aptos serão encaminhados para castração e microchipagem. Em caso de inaptidão, a equipe do programa entrará em contato com o dono informando sobre o estado de saúde do animal, com as recomendações necessárias”, acrescentou o secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, Paulo Ruppenthal.

Serviço

Requerimento castração de cães e gatos
Atendimento on-line: https://stitaipu.1doc.com.br/atendimento

Atendimento presencial: Segunda à sexta-feira – Das 8h às 17h30, na Secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente – Rua Manoel Pena, 1510, Centro.

Assessoria

Ratinho Junior conhece detalhes das medidas restritivas das nove cidades do oeste

O governador Ratinho Junior (PSD) conheceu nesta quarta-feira, 12, detalhes das medidas determinadas pelas nove cidades do extremo oeste na prevenção da covid-19. ” O uso de máscara e álcool gel e higiene constante das mãos devem continuar”, disse Ratinho Junior que recebeu o prefeito Chico Brasileiro no Palácio Iguaçu em Curitiba.

“Estamos muito preocupados. Mesmo com a vacinação, as medidas sanitárias devem continuar”, completou Ratinho Junior. O deputado Hussein Bakri, que representa Foz no Legislativo, e o secretário João Carlos Ortega (Desenvolvimento Urbano e Obras) acompanharam o encontro.

Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Medianeira, Missal, Serranópolis do Iguaçu, Ramilândia e Matelândia fazem parte da estrutura de atendimento da 9ª regional de saúde.  

Demandas
Chico Brasileiro relatou ao governador Ratinho Junior que a decisão foi tomada de forma conjunta pelas nove cidades e as demandas apresentadas ao Ministério da Saúde em Brasília. O prefeito pediu que  o número de vacinas contra a covid seja proporcional aos moradores que são atendidos na cidade que podem duplicar a população de 255 mil habitantes.

“O governador entendeu bem a recomendação das cidades da 9ª regional e as demandas apresentadas por Foz do Iguaçu em Brasília. Além da vacinas, precisamos de insumos para o teste  (RT-PCR) do coronavírus,  já que temos um convênio importante com a Itaipu Binacional”, completou. O prefeito ainda se reuniu com o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

As nove cidades da região decidiram nesta terça-feira, 11, em Medianeira, adotar medidas mais restritivas aos finais de semana para reduzir o número de casos e hospitalizações. O fechamento das atividades e a restrição da circulação de pessoas acontecerá neste e no próximo final de semana com fechamento do comércio às 17 horas de sábado e toque de recolher das 18h de sábado até as 5h de segunda-feira.

Em Foz do Iguaçu, a ocupação de leitos de UTI está em 100% no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, referência no tratamento para a região Oeste. Nos nove municípios da região são quase 50 mil casos da doença desde o início da pandemia e 1.071 óbitos, 813 em Foz.

“Ao flexibilizarmos as medidas restritivas, o número de casos voltou a subir e a preocupação é viver novamente o que vivemos em março. Será devastador. O hospital municipal está com 100% de leitos de UTI ocupados, mas não temos profissionais para trabalhar, por isso não temos como abrir novos leitos”, disse Brasileiro.