Santa Terezinha de Itaipu registra o primeiro caso de covid-19

Santa Terezinha de Itaipu confirmou o primeiro caso de Covid-19 no município. O paciente é um homem de 58 anos que apresenta sintomas leves. Ele está isolado na própria residência. A família do paciente também está sendo monitorada. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o COE – Centro de Operações de Emergência. Informações Rádio Cultura Foz.

Segundo informações do COE, o paciente foi infectado em Foz do Iguaçu. No entanto, a transmissão teria sido comunitária, pois não teve contato com pacientes com casos confirmados ou suspeitos, ou seja, não há informações qual teria sido o foco da transmissão em Foz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura de STI lança campanha “Descarte Consciente: Resíduo eletrônico tem lugar certo”

Com o objetivo de orientar e sensibilizar a população sobre a importância do descarte correto do lixo eletrônico na semana do Meio ambiente, a prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu, por meio da secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente lança a campanha “Descarte Consciente: Resíduo Eletrônico tem lugar certo”. 


Nos dias 7, 8 e 9 de junho, a população itaipuense poderá realizar o descarte de gabinetes, notebooks, teclados, caixas de som, condicionadores de ar, televisores, teclados, vídeo games, monitores, impressoras, telefones, scanners e eletros em geral, das 9h às 17h, na Praça Silvino Dal Bó e nos ginásios esportivos. 


Pilhas, baterias, cartuchos, toners, lâmpadas fluorescentes e tubos de imagem avulsos não serão recolhidos. Vale lembrar que, o descarte desses materiais deve ser realizado por meio da logística reversa, ou seja, é de responsabilidade do gerador a destinação correta. Por isso, a população deve devolver os materiais no local onde realizou a compra.  


“O lixo eletrônico deve ser cuidadosamente descartado, pois muitos de seus componentes podem ser maléficos para a natureza, sobretudo com relação às contaminações de solo e lençóis freáticos. Muitas pessoas sabem que lixo eletrônico deve ser descartado de uma maneira especial, mas não sabe como fazê-lo. Por isso, é fundamental se informar sobre o assunto”, explicou o secretário da pasta, Paulo Ruppenthal. 

Confira os pontos de descarte do lixo eletrônico:
7 a 9  junho – Praça Silvino Dal Bó (Centro);
7 de junho – Ginásio Liberalino Benedet (Santa Mônica); 
8 de junho – Ginásio Edy Ronni Nandi (Parque dos Estados);
9 de junho – Ginásio Hugo Puhl – (Região dos Conjuntos).

Prefeitura de STI lança programa de castração e microchipagem de animais domésticos

Para promover o controle populacional de cães e gatos e atender um pedido da população, a administração municipal de Santa Terezinha de Itaipu, por meio da secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente lançou nesta quinta-feira, 13, um programa inédito para castração e microchipagem de animais domésticos.

Durante a reunião técnica, que contou com a presença da prefeita Karla Galende, do vice-prefeito Vanio Morona, do presidente da Câmara de Vereadores, Valdir Sauthier e da equipe responsável pelo projeto no município, foram destacados os principais objetivos do programa, dentre eles, promover o controle populacional de cães e gatos, a prevenção de zoonoses e estimular a posse responsável, bem como os procedimentos para a participação no programa.

De acordo com a médica veterinária, Mariany Piazza, inicialmente serão ofertadas 500 castrações.  “Será realizada a esterilização cirúrgica de 350 cães e 150 gatos. Os animais castrados também receberão o microchip, um dispositivo eletrônico implantando sob a pele do animal, contendo um código com todos os dados do cão ou gato e do seu tutor”, explicou.

Neste primeiro momento, poderão participar do programa as famílias inscritas no Cadastro Único, beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. Além disso, 20% das castrações e microchipagem, serão destinadas às Associações de Proteção Animal de Santa Terezinha de Itaipu.

“Esse é um projeto bastante aguardado pela nossa população, é um compromisso que assumimos com todos os itaipuenses, com reflexos positivos em diversas áreas. Controle de doenças, conscientização da responsabilidade que temos sobre os cães e gatos, combate aos maus tratos de animais e redução dos animais em condição de abandono”, destacou a chefe do poder executivo, Karla Galende.

Passo a passo

O cadastramento é online e estará disponível a partir de amanhã, 14, no site da prefeitura, na aba protocolo digital. Os interessados deverão informar os dados pessoais e de identificação do animal e anexar os documentos exigidos no formulário online. Caso não seja possível realizar o cadastro pela internet, os interessados poderão fazer o cadastramento presencial diretamente na secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente.

Após análise dos documentos e aprovação para a castração, serão iniciados os procedimentos clínicos no animal, bem como a investigação de Leishmaniose nos cães antes da cirurgia, através da parceria com o departamento de Vigilância em Saúde.

“Antes do procedimento cirúrgico, o animal passará por exames clínicos e laboratoriais para indicar se ele está apto ou não para o procedimento. Os animais que estiverem aptos serão encaminhados para castração e microchipagem. Em caso de inaptidão, a equipe do programa entrará em contato com o dono informando sobre o estado de saúde do animal, com as recomendações necessárias”, acrescentou o secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, Paulo Ruppenthal.

Serviço

Requerimento castração de cães e gatos
Atendimento on-line: https://stitaipu.1doc.com.br/atendimento

Atendimento presencial: Segunda à sexta-feira – Das 8h às 17h30, na Secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente – Rua Manoel Pena, 1510, Centro.

Assessoria