Proposições legislativas tiveram ritmo intenso em 2021, afirma Romanelli

Os deputados estaduais avaliaram 388 novas leis ou alterações na legislação estadual ao longo do primeiro semestre de 2021. Tramitaram na Assembleia Legislativa 347 projetos de Lei Ordinária, cinco projetos de Lei Complementar, 12 projetos de Resolução, 21 projetos de Decreto Legislativo e três propostas de Emenda à Constituição.

Para o primeiro secretário da Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), o volume de proposições demonstra que as atividades parlamentares foram intensas desde o início do ano legislativo. “Apesar da pandemia, este é um ano muito produtivo, com intensa participação e protagonismo de deputadas e deputados no debate sobre os mais diversos assuntos que afetam o cidadão e o Estado”, pontua.

Segundo Romanelli, a Assembleia aprovou 163 projetos de lei nos primeiros seis meses deste ano. Do volume total, 140 proposições (135 leis ordinárias e cinco leis complementares) foram sancionadas pelo governador Ratinho Junior, enquanto outras 20 aguardam manifestação do Executivo. Houve apenas um veto e duas restituições.

“Precisamos destacar o trabalho individual dos deputados e deputadas, e também o esforço das comissões da Casa, que trabalharam num ritmo intenso para colocar as proposições de lei em condições de análise pelo plenário da Assembleia”, afirma o deputado Romanelli ao ressaltar a importância dos servidores do legislativo na tramitação dos projetos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades podem receber vacina contra covid na segunda-feira (24)

Agendamento já está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br); doses serão aplicadas em 10 unidades de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde baixou, mais uma vez, a faixa etária do público-alvo da campanha de vacinação infantil contra a covid-19. Na segunda-feira (24) serão vacinadas as crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades.

O agendamento está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br). Também seguem sendo imunizadas as crianças de 5 a 11 anos que possuem comorbidades ou deficiência permanente.

De quarta-feira (20), quando iniciou a vacinação infantil, a sábado (22), 2.158 crianças receberam a primeira dose contra a covid em Foz do Iguaçu.

“Assim como foi com a vacinação dos adultos e também a dos adolescentes, vamos baixando a faixa etária tão logo possível, para que a imunização das crianças também ocorra de forma célere”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônimo.

As doses serão aplicadas nas seguintes unidades de saúde: UBS São João, Sol de Maio, Vila Iolanda, Maracanã, Padre Monti, Profilurb II, Vila C Nova, AKLP, Portal da Foz e Campos do Iguaçu.

Documentação

Os pais devem portar documento pessoal com foto, além de documento (RG, CPF e cartão SUS) ou certidão de nascimento da criança, para comprovar o parentesco, e comprovante de endereço. Crianças que não estiverem com o pai e/ou mãe deverão apresentar autorização por escrito (o modelo está disponível no link https://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/grupos.html?id_publicacao=726)

Para comprovar a comorbidade, os pais poderão levar exames ou laudos médicos que comprovem a condição.

PMFI

Itaipulândia adia ItaVerão e veta acampamentos no Balneário Jacutinga

O município de Itaipulândia elaborou um novo decreto a ser publicado na tarde desta sexta-feira (21), que irá trazer algumas medidas de combate à Covid-19: o adiamento do evento ItaVerão e um veto aos acampamentos no Balneário Jacutinga.

O objetivo é evitar aglomerações neste momento em que os casos de Coronavírus estão com alta contínua e evitar que variantes cheguem ao município.