Polícia descobre túnel que levava ao cofre do Banco do Brasil em MS

O túnel de 63 metros, escavado por bandidos e que levava até a central administrativa do Banco do Brasil, em Campo Grande, já estava embaixo do cofre quando houve o confronto da polícia com os suspeitos. Dois morreram, um baleado sobreviveu e outros seis foram presos na madrugada deste domingo (22), durante Operação Hórus. Informações do G1.

Segundo as investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros (Garras), a equipe chegou ao galpão da quadrilha no cruzamento das rua Alegrete com a Travessa Buriti, região do Monte Castelo, por volta das 00h30 (de MS). Lá eles flagraram o grupo cavando o túnel para roubar o banco.

Os policiais ainda encontraram uma grande pilha de sacos com as terras retiradas, durante construção do túnel. Houve a troca de tiros e a polícia também apreendeu três veículos, sendo duas caminhonetes com placas de Pernambuco, Ponta Porã e mais um caminhão.

Os delegados Fabio Peró e João Paulo Sartori, titular e adjunto do Garras, respectivamente, disseram que o grupo já vinha sendo investigado há seis meses e seriam pessoas de São Paulo e também do Nordeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fiscalização em Foz para cobrar vacina

A Anvisa e a Polícia Federal iniciaram uma operação conjunta visando ampliar as ações de verificação do comprovante vacinal de pessoas que ingressam no Brasil pelas fronteiras terrestres com a Argentina e o Paraguai. Segundo a Anvisa, serão instaladas barreiras para controle de fluxo na Ponte da Amizade e na Ponte Tancredo Neves.

VR para agentes socioedcativos

A Assembleia Legislativa acatou e aprovou a indicação da Anice Gazzaoui (PL) e dos vereadores do Ney Patrício (PSD) e Edivaldo Alcântara (PTB) que inclui os agentes socioeducativos no programa de auxílio-alimentação a ser implantado pelo governo do Estado. O benefício no valor mensal de R$ 600 será concedido aos servidores das polícias Civil, Militar, Científica e Penal.