Paraná receberá nesta segunda mais 145.080 vacinas da Pfizer

O Paraná deve receber nesta segunda-feira (7) mais 145.080 doses de vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech. Este é o maior lote do imunizante já enviado ao Estado. As vacinas da 23ª Pauta de Distribuição chegam ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, às 22h15. Logo em seguida as doses serão encaminhadas para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar).

O Ministério da Saúde orienta, por meio de Informe Técnico, que as vacinas sejam destinadas à primeira dose nos grupos de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidade e pessoas com deficiência permanente (86.964), trabalhadores de educação do ensino básico (42.264), forças de segurança/salvamento e forças armadas (1.483) e trabalhadores do transporte aéreo (182). O restante é da reserva técnica.

“Todo envio de vacinas é importante, principalmente neste momento de aumento no número de casos e internações pela Covid-19. Este novo lote será destinado à continuação da cobertura dos grupos prioritários, para que possamos avançar na vacinação em todo o Estado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

O documento do Ministério da Saúde informa que, baseado no estudo de estabilidade da vacina, o período de armazenamento foi ampliado de cinco para 31 dias, à temperatura de 2º a 8ºC, “proporcionando facilidade de logística à rede de frio, tecnologicamente estruturada para atuação nesta faixa de temperatura”.

A Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) orienta também que o transporte dos imunizantes seja realizado no período máximo de 12 horas, considerando a mesma temperatura.

Descentralização

Essa é a 7ª remessa de imunizantes da farmacêutica norte-americana enviada ao Paraná, somando 360.360 doses. A orientação inicial do Ministério da Saúde recomendava que essas vacinas fossem distribuídas somente para as capitais, considerando as orientações específicas de armazenamento e aplicação. Desde o segundo envio, no entanto, o Estado tem descentralizado as doses para mais municípios.

Foto: AEN PR

É o que vai acontecer nesta segunda-feira com o envio de 37,4 mil doses da 6ª remessa para 32 municípios de 19 Regionais de Saúde – 12 cidades receberm pela primeira vez. “A orientação do governador Ratinho Junior é de ofertar o maior número de doses, dos diferentes imunizantes disponíveis, para todas as regiões do Estado, e com este novo lote não será diferente”, explicou Beto Preto.

Vacinação

O Paraná já iniciou a imunização em praticamente todos os grupos prioritários elencados no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19 e na população em geral de 18 a 59 anos. O Estado se aproxima da marca de 4 milhões de doses aplicadas, sendo 2.738.936 vacinados com a primeira dose e 1.227.721 com o esquema completo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades podem receber vacina contra covid na segunda-feira (24)

Agendamento já está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br); doses serão aplicadas em 10 unidades de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde baixou, mais uma vez, a faixa etária do público-alvo da campanha de vacinação infantil contra a covid-19. Na segunda-feira (24) serão vacinadas as crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades.

O agendamento está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br). Também seguem sendo imunizadas as crianças de 5 a 11 anos que possuem comorbidades ou deficiência permanente.

De quarta-feira (20), quando iniciou a vacinação infantil, a sábado (22), 2.158 crianças receberam a primeira dose contra a covid em Foz do Iguaçu.

“Assim como foi com a vacinação dos adultos e também a dos adolescentes, vamos baixando a faixa etária tão logo possível, para que a imunização das crianças também ocorra de forma célere”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônimo.

As doses serão aplicadas nas seguintes unidades de saúde: UBS São João, Sol de Maio, Vila Iolanda, Maracanã, Padre Monti, Profilurb II, Vila C Nova, AKLP, Portal da Foz e Campos do Iguaçu.

Documentação

Os pais devem portar documento pessoal com foto, além de documento (RG, CPF e cartão SUS) ou certidão de nascimento da criança, para comprovar o parentesco, e comprovante de endereço. Crianças que não estiverem com o pai e/ou mãe deverão apresentar autorização por escrito (o modelo está disponível no link https://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/grupos.html?id_publicacao=726)

Para comprovar a comorbidade, os pais poderão levar exames ou laudos médicos que comprovem a condição.

PMFI

Itaipulândia adia ItaVerão e veta acampamentos no Balneário Jacutinga

O município de Itaipulândia elaborou um novo decreto a ser publicado na tarde desta sexta-feira (21), que irá trazer algumas medidas de combate à Covid-19: o adiamento do evento ItaVerão e um veto aos acampamentos no Balneário Jacutinga.

O objetivo é evitar aglomerações neste momento em que os casos de Coronavírus estão com alta contínua e evitar que variantes cheguem ao município.