“O PT cuida do PT e o MDB cuida do MDB”, avisa João Arruda

“O PT cuida do PT e o MDB cuida do MDB”. A afirmação feita pelo ainda deputado e presidente do Diretório Estadual do MDB, João Arruda revela que o partido se desvincula da linha ideológica que vinha sendo defendida pelo senador Roberto Requião. A proximidade com a agremiação “lulista” é tida como a responsável pelas perdas da última campanha eleitoral. O próprio Requião, que despontava na liderança das intenções de votos para a reeleição acabou ficando de fora pelo resultado negativo nas urnas. As informações são de Cristona Esteche no Portal RSN.

“O Requião tinha uma posição ideológica de afinidade com o PT e isso acabou se confundido com o partido e contaminando o MDB. Eu não tenho ligação nenhuma com o Partido dos Trabalhadores e as minhas posições na Câmara Federal já demonstraram isso”, disse ao Portal RSN.

A partir dessa postura e com foco nas eleições municipais do ano que vem, João Arruda quer ampliar o número de prefeitos (hoje são 70) e o alvo são as principais cidades paranaenses.

“Guarapuava é nossa prioridade, assim como Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, onde vamos investir para termos candidaturas próprias nesses municípios e com nomes que tenham competitividade”. João Arruda anuncia também a intenção de compor chapa própria para a Câmara de Vereadores. Atualmente, em Guarapuava, o partido está sem nenhum representante. “Vou me concentrar nessas cidades e quero ir a Guarapuava ainda neste ano”, disse Arruda.

De acordo com o novo presidente medebista, o nome do advogado João Nieckars surge como um potencial para encabeçar a chapa majoritária. “Ele está disposto e uma decisão será do grupo local. Se for consolidado, vamos ajudar a formular um plano de governo. O vejo como um bom nome”.

O presidente, porém, se reserva em falar em possíveis coligações e em posições referentes aos governos estadual e federal. “Vamos observar os primeiros meses. Dar um tempo aos novos governantes, mas o MDB vai atuar como fiscal nas esferas estadual e federal”, afirmou.

Já o ainda senador Roberto Requião confirma a sua atuação como oposição ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

link matéria
https://redesuldenoticias.com.br/noticias/o-pt-cuida-do-pt-e-o-mdb-cuida-do-mdb-avisa-joao-arruda/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeito de Quedas do Iguaçu deixa a prisão, mas está proibido de ir a bares

Detido no sábado (22), por ter sido flagrado dirigindo embriagado após bater seu carro em uma moto em Guaratuba, no Litoral do Estado, o prefeito de Quedas do Iguaçu, Élcio Jaime (PSD), passou a noite na Delegacia de Polícia, mas hoje (23) foi libertado após pagar fiança.

O alvará de soltura emitido pela Justiça diz que se trata de liberdade apenas provisória, por hora, e o mais curioso: proíbe o prefeito de frequentar bares, boates e outros estabelecimentos do gênero pelo prazo de um ano. Além disso, diz que ele não poderá se ausentar da região de Quedas do Iguaçu por mais de oito dias consecutivos sem prévia autorização judicial.

Além de embriaguez ao volante, Élcio Jaime é investigado por lesão corporal culposa no trânsito, ameaça e desacato, pois de acordo com a Polícia Civil ele tentou coagir os agentes de trânsito que estiveram no local do acidente.

A Prefeitura de Quedas do Iguaçu, cidade do Sudoeste paranaense com quase 35 mil habitantes e distante pouco mais de 100 km de Cascavel, informou à imprensa que ele está de férias até 6 de fevereiro, e que o ocorrido foi possivelmente uma fatalidade. (Foto: Reprodução Facebook)

Datena permanece no União Brasil e está “a disposição para aquilo que o partido definir”