Hospital Regional de Toledo tem obras suspendidas pela justiça

A Justiça suspendeu as obras de reforma do Hospital Regional de Toledo, no oeste do Paraná. A decisão liminar da 1ª Vara da Fazenda Pública de Toledo é de terça-feira (14). O pedido de suspensão tinha sido feito pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) no dia 10. As obras tinham sido retomadas em 6 de janeiro. Informações G1 Paraná .

Caso a liminar não seja cumprida, segundo a promotoria, a prefeitura e a construtora responsável podem pagar multa de R$ 10 mil por dia.

De acordo com o MP-PR, o pedido de suspensão ocorreu porque a prefeitura do município não decidiu quem fará a gestão do hospital, o que constava em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pela administração municipal em 2018.

“Tanto o órgão do Estado ou da União que vier gerir os serviços é que vai decidir, efetivamente, quais são esses serviços que serão prestados para a população, quais as especialidades, os equipamentos e a melhor forma de utilização do prédio público”, explica o promotor Sandres Sponholz.

Segundo ele, essas definições interferem na reforma e na readequação do espaço. “Ou seja, é importante que o órgão gestor dos serviços de saúde participe da elaboração dos projetos técnicos que irão posteriormente acarretar a reforma do hospital”, diz o promotor.

Conforme o contrato, a reforma deve custar R$ 9,3 milhões. A Prefeitura de Toledo informou que não foi notificada da decisão da Justiça e que por isso não iria comentar o assunto.

A construtora responsável também informou que não foi notificada e que por enquanto mantém o cronograma de obras.

De acordo com o MP-PR, a construção começou em 2012 e ainda não foi concluída. O hospital foi projetado para atendimentos de média e alta complexidade para pacientes de 18 municípios da região, que somam cerca de 400 mil habitantes.

Prédio começou a ser construído em 2012 — Foto: Sidney Trindade/RPC
Prédio começou a ser construído em 2012 — Foto: Sidney Trindade/RPC

Gestão do hospital
Segundo o promotor, não há nada oficial sobre a definição da gestão do hospital.

“Foi apresentada a proposta, existem tratativas preliminares e a designação de uma comissão de estudos para verificar a viabilidade do Consamu [Consórcio Intermunicipal Samu Oeste] assumir o serviço”, afirma.

De acordo com o diretor-geral do Consamu, José Peixoto da Silva, o órgão respondeu a promotoria informando que vai fazer a gestão do hospital, o que foi definido em assembleia.

“Nós estamos nos organizando pra realizar a gestão associada com Cascavel e Toledo”, indica. “Ainda depende de atos complementares, como mudança de estatuto, estrutura, plano de cargos e a assinatura dos contratos”, afirma.

Segundo o diretor-geral, esses atos serão resolvidos na assembleia do órgão que será realizada depois de 30 de janeiro. “Na sequência, realizaremos as licitações”, diz.

Além disso, Silva conta que um concurso público está sendo programado para formação de cadastro de reserva para o hospital. O edital, conforme ele, deve ser lançado em 24 de janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura de STI lança campanha “Descarte Consciente: Resíduo eletrônico tem lugar certo”

Com o objetivo de orientar e sensibilizar a população sobre a importância do descarte correto do lixo eletrônico na semana do Meio ambiente, a prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu, por meio da secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente lança a campanha “Descarte Consciente: Resíduo Eletrônico tem lugar certo”. 


Nos dias 7, 8 e 9 de junho, a população itaipuense poderá realizar o descarte de gabinetes, notebooks, teclados, caixas de som, condicionadores de ar, televisores, teclados, vídeo games, monitores, impressoras, telefones, scanners e eletros em geral, das 9h às 17h, na Praça Silvino Dal Bó e nos ginásios esportivos. 


Pilhas, baterias, cartuchos, toners, lâmpadas fluorescentes e tubos de imagem avulsos não serão recolhidos. Vale lembrar que, o descarte desses materiais deve ser realizado por meio da logística reversa, ou seja, é de responsabilidade do gerador a destinação correta. Por isso, a população deve devolver os materiais no local onde realizou a compra.  


“O lixo eletrônico deve ser cuidadosamente descartado, pois muitos de seus componentes podem ser maléficos para a natureza, sobretudo com relação às contaminações de solo e lençóis freáticos. Muitas pessoas sabem que lixo eletrônico deve ser descartado de uma maneira especial, mas não sabe como fazê-lo. Por isso, é fundamental se informar sobre o assunto”, explicou o secretário da pasta, Paulo Ruppenthal. 

Confira os pontos de descarte do lixo eletrônico:
7 a 9  junho – Praça Silvino Dal Bó (Centro);
7 de junho – Ginásio Liberalino Benedet (Santa Mônica); 
8 de junho – Ginásio Edy Ronni Nandi (Parque dos Estados);
9 de junho – Ginásio Hugo Puhl – (Região dos Conjuntos).

Prefeitura de STI lança programa de castração e microchipagem de animais domésticos

Para promover o controle populacional de cães e gatos e atender um pedido da população, a administração municipal de Santa Terezinha de Itaipu, por meio da secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente lançou nesta quinta-feira, 13, um programa inédito para castração e microchipagem de animais domésticos.

Durante a reunião técnica, que contou com a presença da prefeita Karla Galende, do vice-prefeito Vanio Morona, do presidente da Câmara de Vereadores, Valdir Sauthier e da equipe responsável pelo projeto no município, foram destacados os principais objetivos do programa, dentre eles, promover o controle populacional de cães e gatos, a prevenção de zoonoses e estimular a posse responsável, bem como os procedimentos para a participação no programa.

De acordo com a médica veterinária, Mariany Piazza, inicialmente serão ofertadas 500 castrações.  “Será realizada a esterilização cirúrgica de 350 cães e 150 gatos. Os animais castrados também receberão o microchip, um dispositivo eletrônico implantando sob a pele do animal, contendo um código com todos os dados do cão ou gato e do seu tutor”, explicou.

Neste primeiro momento, poderão participar do programa as famílias inscritas no Cadastro Único, beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. Além disso, 20% das castrações e microchipagem, serão destinadas às Associações de Proteção Animal de Santa Terezinha de Itaipu.

“Esse é um projeto bastante aguardado pela nossa população, é um compromisso que assumimos com todos os itaipuenses, com reflexos positivos em diversas áreas. Controle de doenças, conscientização da responsabilidade que temos sobre os cães e gatos, combate aos maus tratos de animais e redução dos animais em condição de abandono”, destacou a chefe do poder executivo, Karla Galende.

Passo a passo

O cadastramento é online e estará disponível a partir de amanhã, 14, no site da prefeitura, na aba protocolo digital. Os interessados deverão informar os dados pessoais e de identificação do animal e anexar os documentos exigidos no formulário online. Caso não seja possível realizar o cadastro pela internet, os interessados poderão fazer o cadastramento presencial diretamente na secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente.

Após análise dos documentos e aprovação para a castração, serão iniciados os procedimentos clínicos no animal, bem como a investigação de Leishmaniose nos cães antes da cirurgia, através da parceria com o departamento de Vigilância em Saúde.

“Antes do procedimento cirúrgico, o animal passará por exames clínicos e laboratoriais para indicar se ele está apto ou não para o procedimento. Os animais que estiverem aptos serão encaminhados para castração e microchipagem. Em caso de inaptidão, a equipe do programa entrará em contato com o dono informando sobre o estado de saúde do animal, com as recomendações necessárias”, acrescentou o secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, Paulo Ruppenthal.

Serviço

Requerimento castração de cães e gatos
Atendimento on-line: https://stitaipu.1doc.com.br/atendimento

Atendimento presencial: Segunda à sexta-feira – Das 8h às 17h30, na Secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente – Rua Manoel Pena, 1510, Centro.

Assessoria