Governo do Paraná libera R$ 14 milhões para complementação alimentar nas escolas estaduais

O Governo do Paraná liberou nesta segunda-feira (25), por meio do Programa Fundo Rotativo, da Secretaria estadual da Educação e do Esporte, uma cota especial no valor de R$ 14 milhões para a aquisição de alimentos nas 2,1 mil escolas estaduais. O recurso pertence ao projeto Mais Alimentação e busca ampliar a variedade dos cardápios servidos em cerca de 1 milhão de refeições diárias aos estudantes da rede do Estado.

Poderão ser adquiridos açúcar, biscoitos, farinhas, cereais, legumes, massas, panificados, fermentos, molho de tomate, óleo de soja, sal, temperos, hortifrutigranjeiros, carnes, lácteos e produtos para alunos com necessidades alimentares especiais, dependendo da realidade de cada escola.

A diversidade de alimentos contribui para o desenvolvimento dos estudantes. “A alimentação saudável deve ser ensinada desde cedo para as crianças e adolescentes, que devem aprender a experimentar todos os alimentos, como verduras, legumes e frutas”, disse o diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), Marcelo Pimentel Bueno. “É muito importante a valorização do momento da alimentação e a escola é um ambiente promotor de saúde”.

Cada escola recebeu um valor calculado correspondente ao número de refeições servidas diariamente. “Esse dinheiro vai nos ajudar a oferecer um cardápio mais variado, pois conseguiremos comprar itens para complementar as refeições dos nossos alunos”, explicou Eloisa Van der Neut, diretora do Colégio Estadual Cívico-Militar Duque de Caxias, em Irati.

Além da Cota Especial, estão sendo realizadas entregas semanais de alimentos da agricultura familiar e, ainda, o envio de carnes congeladas e ovos. Serão cerca de 20 milhões de quilos de alimentos, com investimento de aproximadamente R$ 146 milhões até o fim do ano, dentro do planejamento feito pela Fundepar.

A lista de aquisição com diversos alimentos obedece as normas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para garantir a variedade de itens nas refeições servidas nas escolas estaduais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cataratas do Iguaçu estão entre os 12 lugares mais lindos do mundo

A empresa de viagens britânica Kuoni classificou os 12 lugares mais lindo do mundo, entre eles, as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu. Para a escolha, a empresa se utilizou da ciência.

Por meio de rastreamento ocular e inteligência artificial, a Kuoni classificou os que seriam os locais mais atraentes ao olho humano. No Brasil, a lista foi divulgada pelo portal Melhores Destinos. Segundo a ciência, esse seria o resultado:

1 – Lago Peyto, no Canadá
2 – Ilha Meeru – Maldivas
3 – Costa Jurássica – Inglaterra
4. Parque Nacional Yosemite – Estados Unidos
5 – Lago Tekapo – Nova Zelândia
6 – Cataratas do Niágara – Canadá
7 – Snowdon – País de Gales
8 – Rio Subterrâneo Puerto Princesa – Filipinas
9 – Catedral de Mármore – Chile
10 – Floresta Nacional de El Yunque – Porto Rico
11 – Aurora Boreal – Islândia
12 – Cataratas do Iguaçu – Brasil

Trevo do Charrua deve ganhar viaduto, informou secretário de Planejamento

O secretaria de Planejamento e Captação de Recursos de Foz do Iguaçu, Leandro Costa, informou que no último mês de novembro se reuniu com a equipe da empresa Engemin, responsável pela execução do projeto que pretende resolver o problema de mobilidade no trevo do Charrua, no trecho urbano da BR 277.

Segundo Costa, no local deverá ser construído um viaduto, com projeto doado ao município pelo Fundo Iguaçu, com entrega prevista ainda para este mês de janeiro. A informação foi dada nesta sexta-feira (14) durante o programa Contraponto, da Rádio Cultura.

Rádio Cultura