Expedição Xavante leva cadeiras de rodas e alimentos para comunidades indígenas

A Expedição Xavante, organizada pelo Distrito 4630 do Rotary Clube (com sede em Maringá) levou 180 cadeiras de rodas, além de roupas e mantimentos para as comunidades indígenas Xingu e Xavante da região de Barra dos Garças, no Mato Grosso.

A “Expedição Xavante” é uma ação do projeto Mobilidade para Todos desenvolvida por clubes rotarianos do Paraná. Os participantes saíram de carro de Maringá no dia 03 de setembro e percorreram mais de 3.000 quilômetros.

A expedição entregou suprimentos alimentares, entre os quais o NUTRIZID, produzido pela PHOODS. Com sede em Curitiba, a PHOODS atua em todo Brasil e também outros países, como Angola.

Projetado para ações de combate à fome e complementação nutricional, o NUTRIZID é produzido e desenvolvido pela PHOODS, em parceria com os Cursos de Nutrição e Farmácia da Uninter e a Fundação Wilson Picler.

Trata-se de uma refeição instantânea em pó baseada nos padrões do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas, que supre boa parte das necessidades de uma pessoa. Possui 21 vitaminas e minerais, além de um ótimo equilíbrio nutricional entre carboidratos, proteínas e calorias. Tudo isso em porções de apenas 70 gramas e de fácil preparo.

De acordo com o sócio proprietário da PHOODS, Gustavo Hauer, o Nutrizid nasceu com a missão de combater a fome e ser utilizado em situações emergenciais como esta na Amazônia, salvando vidas. “É uma refeição de baixo custo, fácil preparo e com excelente equilíbrio nutricional. Ficamos muito orgulhosos em sermos parceiros desse projeto tão importante realizado pelo Rotary, e muito agradecidos pelo apoio do Rodrigo Alves – Fil Group/Inova Business School, e da Bravya Fertilizantes, que patrocinaram a produção destes alimentos”.

FOTO: Comunidades indígenas do Mato Grosso receberam suprimentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitos pedem alternativas para financiar transporte

A demanda da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) por alternativas ao financiamento do transporte público mobilizou senadores. Nelsinho Trad (PSD-MS) e Alexandre Giordano (MDB) protocolaram projeto de lei para custear a gratuidade dos idosos. De acordo com a proposta, o programa de assistência à mobilidade dos idosos  vai garantir assistência financeira e diminuir o impacto nas tarifas. Estima-se a destinação de R$ 5 bilhões. Os valores por cidade, conforme a FNP já calculou, serão contemplados por meio de emenda ao projeto. Para Foz do Iguaçu, caberá R$ 7,5 milhões.

Picler será Cidadão Benemérito do Paraná

A Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei do deputado Hussein Bakri (PSD) que concede o título de cidadão benemérito do Paraná ao professor Wilson Picler, chanceler da Uninter.  “O professor Picler sempre se concentrou na inclusão de brasileiros na educação em todos os níveis, como uma forma de desenvolvimento social, científico-tecnológico e econômico. Foi também um dos principais apoiadores do programa de bolsas de estudo Prouni e idealizou a estratégia de adesões antecipadas para retomar o programa”, disse Bakri.