Ex-deputado Roberto Jefferson já está no presídio em Benfica

O ex-deputado federal e presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Roberto Jefferson, já está preso no Presídio José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio. O político chegou ao local em um carro da Polícia Federal, às 15h48. Da janela aberta do veículo foi possível ver que ele estava no banco de trás e usava uma máscara com uma bandeira estilizada do Brasil. 

Desde às 12h40, Jefferson estava na Superintendência da Polícia Federal, no centro do Rio de Janeiro, para onde foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde chegou às 12h16 para fazer o exame de corpo de delito. Roberto Jefferson estava vestindo uma camisa verde, colete preto e calça jeans.

O presídio de Benfica é o local para onde os presos são levados para uma triagem e entrada no sistema prisional do estado do Rio de Janeiro. É possível que de lá o presidente nacional do PTB seja transferido para um presídio do Complexo de Bangu, na zona oeste da capital.

Prisão

Por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, Roberto Jefferson foi preso, hoje (13), na casa dele, no município Comendador Levy Gasparian, na região serrana do Rio de Janeiro.

Conforme o despacho do ministro, a prisão preventiva foi autorizada no âmbito do inquérito da Polícia Federal que investiga a movimentação de “organização criminosa, de forte atuação digital e com núcleos de produção, publicação, financiamento e político com a nítida finalidade de atentar contra a democracia e o estado de direito”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sessão

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), confirmou que nesta sexta-feira (17) haverá sessão do Congresso Nacional para apreciação de 29 vetos presidenciais. Na lista, estão vetos que tratam da privatização da Eletrobras e os que dizem respeito à definição do crime de comunicação enganosa em massa (fake news) e de atentado ao direito de manifestação.

Tarifa Zero

O prefeito Marcelo Roque (Podemos) sancionou a lei que implanta a “Tarifa Zero”, proposta que torna gratuito o transporte coletivo para moradores de Paranaguá. A previsão da prefeitura é que a gratuidade esteja disponível em 90 dias, ainda no primeiro semestre de 2022. Atualmente, a passagem no transporte público local custa R$ 3,70.