Está disponível agendamento para gestantes, puérperas e pessoas com síndrome de down para vacinação contra a Covid-19 em Foz do Iguaçu

A Prefeitura de Foz do Iguaçu abriu na terça-feira (04) o agendamento on-line para vacinação contra a Covid-19 em gestantes, puérperas (mulheres em período pós parto de até 45 dias) e pessoas com síndrome de down acima de 18 anos. A vacinação deste grupo iniciará nesta quarta-feira (05) em 20 Unidades Básicas de Saúde.

Também serão vacinadas a partir de quarta-feira pessoas com problemas renais crônicos, nas clínicas onde realizam hemodiálise. As gestantes e puérperas devem levar, no dia da vacinação, o cartão do pré-natal.

Nesta quarta-feira (05) também será aberto o agendamento para pessoas com comorbidades entre 55 a 59 anos e pessoas com deficiência permanente que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada), conforme prevê o Plano Estadual de Imunização. Este grupo começará a receber a vacina na quinta-feira (06).

“Vale lembrar que os idosos com mais de 60 anos que por ventura não tenham recebido a primeira dose ainda podem fazer o agendamento. Grávidas e puérperas que tiverem tomado a vacina contra a gripe precisam esperar 14 dias para receber a vacina contra a Covid”, orientou a secretária de saúde, Rosa Maria Jerônymo.

Comorbidades

Fazem parte do grupo das comorbidades: Pessoas com diabetes; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão Arterial Resistente (HAR); Hipertensão arterial estágio 3; Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com LOA e/ou comorbidade; Insuficiência cardíaca (IC); Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar; Cardiopatia hipertensiva; Sindromes coronarianas; Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Cardiopatias congênita no adulto; Próteses valvares e Dispositivos ca rdíacos implantados; Doença cerebrovascular; Doença renal crônica; Imunossuprimidos; Anemia Falciforme; Obesidade mórbida e Cirrose hepática. A descrição completa das comorbidades está disponível no site: http://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/.

Comprovação

As pessoas com comorbidades terão que comprovar a doença para receber a vacina. No caso de quem já faz acompanhamento médico no Sistema Único de Saúde (SUS), as informações constam no prontuário do paciente.

Os outros integrantes do grupo devem apresentar atestado médico ou um formulário padrão preenchido por um médico. O documento estará disponível no site da Prefeitura a partir de amanhã. Segundo o Plano Nacional de Imunização (PNI), o cidadão que tiver câncer, for transplantado ou imunossuprimido – quando tem os mecanismos de defesa comprometidos – só poderá ser vacinado com a prescrição médica.

A Vigilância em Saúde estima que o município possua 3.317 gestantes, 554 puérperas e mais de 12.700 pessoas com comorbidades, além de 6 mil pessoas com deficiência permanente que recebam o BPC.

Balanço

Foz do Iguaçu já recebeu 71.276 doses dos imunizantes e aplicou 64.157. Até agora, 40.923 pessoas receberam a primeira dose e 23.234 completaram a imunização com a segunda dose. Mais de 9 mil idosos de 60 a 64 anos já receberam a primeira dose.

Assessoria

foto: reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trevo do Charrua deve ganhar viaduto, informou secretário de Planejamento

O secretaria de Planejamento e Captação de Recursos de Foz do Iguaçu, Leandro Costa, informou que no último mês de novembro se reuniu com a equipe da empresa Engemin, responsável pela execução do projeto que pretende resolver o problema de mobilidade no trevo do Charrua, no trecho urbano da BR 277.

Segundo Costa, no local deverá ser construído um viaduto, com projeto doado ao município pelo Fundo Iguaçu, com entrega prevista ainda para este mês de janeiro. A informação foi dada nesta sexta-feira (14) durante o programa Contraponto, da Rádio Cultura.

Rádio Cultura

Foz do Iguaçu apresenta ações inovadoras na Rio Innovation Week

Iniciativas digitais desenvolvidas na cidade ganharão destaque durante um dos maiores eventos do setor na América Latina

Até o próximo domingo (16), a Secretaria de Turismo e Projetos Estratégicos dará a Foz do Iguaçu um papel de destaque durante a Rio Innovation Week, evento que começou na quinta-feira, 13, e é considerado um dos mais completos encontros de tecnologia e inovação da América Latina.

No espaço “Sociedade 5.0”, a servidora da pasta, Andressa Szekut, ministrou uma palestra sobre a transformação inovadora que Foz do Iguaçu está vivenciando. Entre os principais pontos apresentados, estavam as ações desenvolvidas pelo Município para estabelecer um ambiente favorável à pesquisa, inovação e o empreendedorismo, com foco em atração de investimentos.

Como convidada do Ministério do Turismo, Foz também está participando, na “Turistech Zone”, da Câmara 4.0, um espaço para trocar experiências com os demais destinos que estão no programa de Destino Turísticos Inteligentes do MTUR, além de conhecer iniciativas inovadoras e startups do setor.

“Apresentar as iniciativas que estão sendo desenvolvidas em Foz do Iguaçu em um evento deste porte faz parte da estratégia de tornar Foz do Iguaçu reconhecida como polo de inovação e empreendedorismo, para o fortalecimento e a diversificação da economia da cidade”, afirma o secretário de Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação, Paulo Angeli.

A prefeitura participa do evento junto com o Parque Tecnológico de Itaipu – Brasil (PTI-BR), que está como expositor, divulgando as iniciativas e soluções realizadas no Programa Vila A Inteligente, além de prospectar empresas para o Smart Vitrine e parceiros estratégicos para o Hub Iguassu. O PTI irá apresentar também os projetos nas áreas de energia e inovação aberta.

Palestrantes

Entre os mais de 500 palestrantes, estão nomes renomados no cenário da inovação como: Richard Branson, presidente da Virgin; Steve Wozniak, cofundador da Apple; Camila Farani, investidora-anjo do Shark Tank Brasil; Marcos Pontes, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação; Marcos Gurgel, diretor de Corporate Venture & Open Innovation no iFood, entre outros.

A estrutura oferece 15 palcos em 40 mil m², reunindo mais de mil startups e 190 expositores, com mais de 20 espaços de exposição com diversas temáticas.