Curitiba amplia vacinação para público geral nesta segunda-feira (2)

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba irá ampliar a vacinação contra Covid-19 para pessoas nascidas no segundo semestre de 1986 – 1º de julho e 31 de dezembro.

Ainda serão vacinados contra a Covid-19 neta segunda-feira pessoas nascidas em 1987 e gestantes e puérperas que ainda não receberam a primeira dose.

A expectativa da pasta é que 28 mil pessoas possam ser vacinadas em Curitiba nesta segunda-feira, sendo que essas doses foram entregues a capital paranaense neste sábado (31).

Ao todo estarão abertos 21 postos de vacinação, com funcionamento das 8h às 17h.

Vale lembrar que as gestantes e puérperas acompanhadas pela rede privada devem apresentar nos postos de vacinação a declaração emitida pelo médico pessoal via Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR).

Já as mulheres acompanhadas pelo SUS Curitibano devem buscar orientação na unidade de saúde em que fizeram o pré-natal para receberem mais orientações.

Todos as pessoas precisam levar para o posto de vacinação comprovante de residência, documento com foto e CPF. Ainda é recomendado pela Secretaria o cadastro prévio na plataforma Saúde Já, seja pelo site ou aplicativo.

SEGUNDA-FEIRA TAMBÉM TERÁ SEGUNDA DOSE EM CURITIBA

Os 21 postos de vacinação abertos nesta segunda-feira irão aplicar a segunda dose do imunizante em alguns públicos do grupo de comorbidades.

A aplicação da segunda dose irá prosseguir até sexta-feira (6), também das 8h às 17h.

A expectativa é que 31 pessoas completem o ciclo vacinal na próxima semana, sendo a maioria o público que recebeu o imunizante da AstraZeneca entre os dias 8 e 13 de maio.

É possível monitorar a data prevista para a aplicação da segunda dose pelo aplicativo Saúde Já, seja pelo site ou aplicativo.

Assim como na aplicação da primeira dose, é obrigatório que as pessoas levem para o posto de vacinação comprovante de residência, documento com foto e CPF.

Confira abaixo o cronograma da segunda dose da vacinação em Curitiba na próxima semana:

CORONAVAC

  • 2 de agosto – Vacinados com a primeira em 6, 7 e 8 de julho;
  • 3 de agosto – Vacinados com a primeira em 9 de julho;
  • 4 de agosto – Vacinados com a primeira em 10 de julho;
  • 6 de agosto – Vacinados com a primeira em 12 de julho.

ASTRAZENECA E PFIZER

  • 2 de agosto – Vacinados com a primeira em 8 de maio;
  • 3 de agosto – Vacinados com a primeira em 10 de maio;
  • 4 de agosto – Vacinados com a primeira em 11 de maio;
  • 5 de agosto – Vacinados com a primeira em 12 de maio;
  • 6 de agosto – Vacinados com a primeira em 13 de maio.

Confira abaixo os postos de vacinação abertos em Curitiba na próxima semana:

1 – Pavilhão da Cura
Parque Barigui (entrada somente pela BR-277)

2 – US Ouvidor Pardinho
Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho

3 – Centro de Referência, esportes e atividade física
Rua Augusto de Mari, 2.150 – Guaíra

4 – US Salvador Allende
Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 – Sítio Cercado

5 – US Parigot de Souza
Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado

6 – US Vila Diana
Rua René Descartes, 537 – Abranches

7 – US Orleans
Av. Ver. Toaldo Túlio, 4577 – Orleans

8 – Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira
Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233 – Bacacheri

9- US Jardim Paranaense
Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão

10 – US Visitação
Rua Dr. Bley Zornig, 3136 – Boqueirão

11 – US Camargo
Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru

12 – US Uberaba
Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba

13- US – Trindade
R. Roraima, 1790 – Vila Oficinas

14- US Tapajós
R. André Ferreira Camargo, 188 – Xaxim

15 – Clube da Gente CIC
Rua Hilda Cadilhe de Oliveira

16 – US Vila Feliz
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

17 – US Aurora
Rua Theofhilo Mansur, 500 – Novo Mundo

18 – US Pinheiros
Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade

19- US Oswaldo Cruz
R. Pedro Gusso, 3749 – CIC

20 – Rua da Cidadania do Tatuquara
Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n

21 – Rua da Cidadania do Fazendinha
Rua Carlos Klemtz, 1.700

Foto: Luis Costa/Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Filipe Barros anuncia pré-candidatura ao Governo do PR

arlamentar estará em Ponta Grossa nesta quinta-feira (27), se reunindo com lideranças da direita

O deputado federal do Paraná, Filipe Barros (PSL), anunciou sua pré-candidatura ao Governo do Paraná nas eleições deste ano. Ele é o quarto nome que se coloca à disposição para estar à frente do Estado. Parlamentar pela cidade de Londrina, Filipe estará em Ponta Grossa nesta quinta-feira (27), conversando com lideranças da direita – ele deve receber apoio do atual presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL).

Cumprindo seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados, Filipe já ocupou uma cadeira na Câmara Municipal de Londrina entre 2016 e 2018. Em entrevista para um blog de política paranaense, o pré-candidato disse que tenta polarizar uma disputa com o atual governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) – que deve tentar a reeleição. “O governador quer ter palanque para Moro, Lula e Bolsonaro. Não existe isso na política. O presidente Jair Bolsonaro me questionou se eu toparia sair como candidato a governador”, explicou.

Nos bastidores, Filipe Barros tem simpatia do líder do Governo Federal na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP), que pode indicar o vice na chapa de direita. Na entrevista, ele fez críticas ao atual governador. “Um dos piores, senão o pior governo da história do Paraná. Como um rato, ele se esconde. Ele não deixou legado no Estado”, ressaltou.

Apesar do anúncio, Filipe também chamou a atenção quando se colocou como candidato à Prefeitura de Londrina em 2020. Na ocasião, acabou recuando da decisão. O pré-candidato bolsonarista ao Governo do Estado também disse que deixará o Partido Social Liberal (PSL) – futuro União Brasil, com a junção com o Democratas. O União Brasil tem se aproximado do pré-candidato à presidência da República, Sergio Moro (Podemos).

Outros candidatos

Além de Filipe Barros, os outros nomes que devem concorrer para governador do Paraná são: Ratinho Junior (PSD), Cesar Silvestri Filho (PSDB) e Roberto Requião (sem partido).

Romanelli apoia ação do PSB em favor da vacina contra a covid

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou nesta terça-feira, 25, a ação do seu partido que recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) para anular a recente nota técnica do Ministério da Saúde para o uso de hidroxicloroquina contra a covid-19. O documento também desqualifica o potencial das vacinas para combater a doença.

“Está comprovado que as vacinas salvam vidas. Milhares de pessoas poderiam estar aqui entre nós hoje se a vacinação tivesse sido iniciada no tempo certo. Mas tem gênios no governo federal que não querem enxergar este fato. Chega a ser ridículo”, afirma Romanelli. “Não há evidência de que cloroquina e hidroxocloroquina tenham efeito sobre a doença”.

O PSB protocolou um pedido de liminar para a suspensão da nota técnica, sustentando que o medicamento é comprovadamente ineficaz, que a orientação do Ministério da Saúde desconsidera uma série de atos legais e infralegais e que a política de vacinação deve ser priorizada para combater a pandemia.

Investigação – O partido também pediu a suspensão dos efeitos de outras duas portarias e solicitou que o STF abra uma investigação administrativa e cível contra Hélio Angotti Neto, que assina o recente documento do Ministério da Saúde.

Na petição enviada ao Supremo, o PSB defende uma nova análise das Diretrizes Brasileiras para Tratamento Medicamentoso Ambulatorial do Paciente com Covid-19, formuladas pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias), “com amparo em critérios estritamente técnicos”.