Comemoração dos 47 anos da Itaipu terá Esquadrilha da Fumaça, homenagens e arte

Para comemorar os 47 anos de criação da Itaipu Binacional, a Esquadrilha da Fumaça foi convidada para um show inédito, sobrevoando a usina com manobras especiais e formando frases no céu, nesta terça-feira (11), às 15h30.

Em função da pandemia, não haverá solenidade e não será permitido assistir à apresentação ao vivo, para que não haja aglomerações. A demonstração será filmada e os empregados poderão assistir ao vídeo no JIE. O público externo também poderá ver o vídeo, nos perfis da Itaipu nas redes sociais e no canal da empresa no Youtube.

A apresentação na Itaipu foi uma bem-vinda coincidência de agenda. A Esquadrilha vai aproveitar um treinamento pré-agendado para homenagear a empresa pelo seu aniversário.

Durante o treinamento da Esquadrilha da Fumaça em Foz do Iguaçu, os pilotos também passarão sobre a Ponte da Amizade, as Cataratas do Iguaçu e o Marco das Três Fronteiras. Órgãos de controle do espaço aéreo paraguaio e argentino concederam autorizações especiais para que os aviões possam sobrevoar a região.

“As pessoas que fazem da Itaipu a empresa que é, líder mundial de geração limpa e renovável e referência em diversos setores, merecem celebrar esses 47 anos de maneira muito especial”, afirma o diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira. “Que a Esquadrilha da Fumaça nos inspire a enfrentar e a superar os desafios que temos pela frente”, diz.

Aniversário

Os 47 anos da Itaipu Binacional serão completados na próxima segunda-feira (17). Em 17 de maio de 1974, brasileiros e paraguaios deram o passo definitivo para o início da construção da usina, constituindo a empresa binacional Itaipu, para gerenciar a obra e, futuramente, administrar o empreendimento hidrelétrico. Nas quatro décadas seguintes, a obra transformaria a região Oeste do Paraná e viria a contribuir para um novo perfil econômico, mais industrializado, do Brasil e do Paraguai.

Hoje, Itaipu continua desempenhando um papel fundamental no desenvolvimento econômico e social das duas nações vizinhas. Mesmo com a expansão do parque gerador brasileiro, a usina ainda responde, hoje, por 11% do consumo de energia elétrica de todo o mercado nacional e aproximadamente 90% do paraguaio.

Apresentação do DGB

Na semana do aniversário da empresa, no dia 19 de maio, às 8h, todos os empregados estão convidados a assistir à primeira apresentação do novo diretor-geral brasileiro, João Francisco Ferreira, voltada ao público interno. Para evitar aglomerações, 100 pessoas acompanharão a fala presencialmente, no Cineteatro dos Barrageiros, e os demais assistirão via Webex. O link será enviado em breve.

Comemorando com arte

A Diretoria de Coordenação também preparou uma série de ações para comemorar o aniversário da Itaipu. O primeiro deles é um mural de grafite, pintado por um artista da região, que tem como tema a história da construção da usina, suas ações socioambientais e as obras estruturantes que estão sendo financiadas pela empresa. O mural deve ser apresentado ao público na semana do aniversário.

Os empregados também poderão curtir cinco exposições itinerantes que ficarão um mês em cada área da Itaipu, em sistema de rodízio. Parte do acervo do Ecomuseu vai integrar as mostras. E, por fim, será feito o lançamento do Catálogo Talentos da Itaipu, para divulgar o trabalho dos colegas que desenvolvem algum tipo de atividade artística. As datas dos eventos e mais informações serão divulgadas em breve.

Plantios

Mais adiante, a celebração continua com a retomada dos plantios de empregados que completam 15 anos de casa. No ano de 2020 os plantios não aconteceram em função das limitações impostas pela pandemia da covid-19, mas agora, com os devidos cuidados e distanciamento, a homenagem será retomada, com plantios dos “aniversariantes” do ano passado e também de 2021.

Também haverá dois jantares: um para o grupo de 2020 e outro para os homenageados de 2021, quando serão entregues certificados e lembranças. A previsão é que os plantios e os jantarem aconteçam no mês do junho, observando decretos e possíveis restrições. A Divisão de Relações Públicas entrará em contato com os homenageados para passar mais informações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Medicamento à base de Cannabis é liberado pela Anvisa; já são 11 no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o décimo medicamento no país à base de Cannabis, nesta terça-feira (18).

O Extrato de Cannabis Sativa Ease Labs 79,14 mg/ml é obtido por meio do extrato vegetal da Cannabis sativa, planta conhecida como ‘maconha’.

A Anvisa diz que o medicamento, fabricado na Colômbia, será importado e distribuído no Brasil como produto acabado e pronto para uso.

O órgão informa que a medida foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.), por meio da Resolução RE 136, de 17 de janeiro de 2022.

Segundo a agência, o remédio estará disponível sob a forma de solução em gotas para uso oral, contendo 47,5 mg/ml de canabidiol (CBD) e não mais do que 0,2% de tetrahidrocanabinol (THC) — substâncias da planta.

O medicamento será comercializado em farmácias e drogarias a partir da orientação médica por meio de receita do tipo B (de cor azul) — especial para prescrição de psicofármacos, diz a Anvisa.

Com isso, até o momento,o país dispõe 11 produtos aprovados pela Anvisa nessa categoria, de acordo Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 327/2019.

A agência reguladora reitera que, desses 11 produtos, cinco são à base de extratos de Cannabis sativa e seis de canabidiol. Confira a lista:

Canabidiol Prati-Donaduzzi (20 mg/mL; 50 mg/mL e 200 mg/mL);
Canabidiol NuNature (17,18 mg/mL);
Canabidiol NuNature (34,36 mg/mL);
Canabidiol Farmanguinhos (200 mg/mL);
Canabidiol Verdemed (50 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Promediol (200 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Zion Medpharma (200 mg/mL);
Canabidiol Verdemed (23,75 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Alafiamed (200 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Greencare (79,14 mg/mL); e
Extrato de Cannabis sativa Ease Labs (79,14 mg/mL).

CNN Brasil

Paraná registra nesta terça-feira 23.870 novos casos de covid

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta terça-feira (18) mais 23.870 casos confirmados e 21 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas, que são de 16.809 casos e três óbitos.

O monitoramento da Covid-19 mostra que o Paraná soma 1.721.264 casos confirmados e 40.727 mortos pela doença.

Os casos divulgados nesta data são de janeiro (22.499) de 2022; dezembro (113), novembro (49), outubro (90), setembro (159), agosto (218), julho (66), junho (83), maio (76), abril (49), março (85), fevereiro (29) e janeiro (34) de 2021; e dezembro (83), novembro (128), outubro (28), setembro (26), agosto (26), julho (24), junho (3), maio (1) e abril (1) de 2020.

Os óbitos são de março (3), abril (4) e dezembro (2) de 2021 e janeiro (12) de 2022.

INTERNADOS – 68 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados em leitos SUS (27 em UTIs e 41 em leitos clínicos/enfermaria) e nenhum em leitos da rede particular (UTI ou leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 856 pacientes internados, 305 em leitos de UTI e 551 em enfermarias, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Sesa informa a morte de mais 21 pacientes. São sete mulheres e 14 homens, com idades que variam entre 38 e 92 anos. Os óbitos ocorreram entre 25 de março de 2021 e 18 de janeiro de 2022.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (6), Ponta Grossa (2), Maringá (2), Umuarama, Rosário do Ivaí, Pontal do Paraná, Pinhais, Pato Branco, Londrina, Ibiporã, Curiúva, Borrazópolis, Araucária e Almirante Tamandaré.