Arquivos

Categorias

Coluna desta sexta, 03

Jogou a toalha?
Voltou com tudo nos últimos dias das convenções partidárias para indicar os candidatos as eleições de 7 de outubro (o prazo termina domingo, 5), a boataria dando conta da desistência do ex-senador Osmar Dias (PDT), de disputar o Governo do Estado. Depois de passar todo o período de pré-campanha jurando que era, ontem (2) a tarde era dada como certa a desistência do pedetista. Na convenção do PPS, em Curitiba, um deputado estadual muito ligado ao ex-senador confirmou a informação da desistência. Osmar vai disputar uma vaga ao Senado, garantiu.

Toalha II
A suposta “desistência” de Osmar acelerou depois que ele disse não ao MDB do senador Roberto Requião, abrindo mão de um robusto tempo no horário eleitoral e dos recursos do Fundo Partidário, já que a fatia emebista será a maior do bolo.

Toalha III
A gota d’água para a desistência de Osmar seria a rasteira que levou de seu irmão, o senador Alvaro Dias (Podemos), que atraiu o PSC na coligação de seu projeto de candidatura à presidência da República. Ora, pois, o PSC é ligadíssimo ao deputado estadual Ratinho Junior, pré-candidato do PSC ao Governo do Estado.

Toalha IV
A adesão do PSC ao Podemos de Alvaro seria comemorada por Ratinho em grande estilo, já que o mesmo está programado para discursar na convenção. No Paraná, Ratinho terá o apoio do Podemos, partido que Osmar dava como certo em sua coligação, já que o partido está sob o comando do irmão.

Eleitores
O Brasil tem mais de 147 milhões de eleitores devidamente cadastrados para votar nas eleições de outubro. Os dados, divulgados esta semana pelo Tribunal Superior Eleitoral, indicou um aumento de 3,14% desde a última eleição geral. Hoje são 147.302.354 eleitores, contra 142.822.046 em 2014.

Richa confirmado
O PSDB confirmou, em convenção na noite de quarta (1º), a candidatura do ex-governador Beto Richa ao Senado. Ele terá como primeiro suplente o deputado federal Nelson Padovani, da região de Cascavel.

Religião
“A burocracia do PT não está pensando no país. Virou religião. Agora o companheiro Stédile (do MST) chamou seis companheiros para fazer greve de fome. Tem romaria. Na minha opinião, isso é caudilhismo do mais barato possível”. Do presidenciável do PDT, Ciro Gomes, em entrevista nesta quinta (2).

Elogio
“Senadora Ana Amélia, essa mulher que é o retrato da boa politica, da perseverança, da honradez, do ponto de equilíbrio. A sua sabedoria busca o diálogo, busca o equilíbrio e não tenho dúvida de que de norte a sul os progressistas terá a vitória. A vitória de raiz lá no Rio Grande do Sul”. Da governadora Cida Borghetti ontem na convenção nacional dos Progressistas, em Brasília. Ana Amélia é cotada para vice do tucano Geraldo Alckmin.

Política, economia, cultura e bom humor no blog do Paraná.