Coluna Boca Maldita de quarta, 04

Eleição aberta
Os números do Instituto Arbeit Intelligence divulgados ontem (03) pelo Jornal do Ônibus de Curitiba, mostram que a disputa pelo Governo do Paraná está aberta. Na frente, em empate técnico, destão os pré-candidatos Ratinho Junior (PSD), com 28,44% e Osmar Dias (PDT) com 24,33%. Empate técnico dentro da margem de erro de 2,5%. A governadora Cida Borghetti (PP) aparece numa ascendente, com 12,53%. Na sequência vem Dr. Rosinha (PT) com 2,2% e Jorge Bernardi (Rede) com 0,93%. Se a votação fosse hoje, nenhum dos candidatos faria acima de 50% dos votos.

Senado
O senador Roberto Requião (MDB) e o ex-governador Beto Richa (PSDB) lideram as intenções de voto para as duas vagas que serão abertas no Senado, com 25,6% e 17,2%, respectivamente. Em seguida aparecem Alex Canziani (PTB) com 7,4%, Flávio Arns (Rede) com 6,6%, Delegado Francischini (PSL) com 5%, Professor Oriovisto (Podemos), 0,93%.

Ficha técnica
O Arbeit Intelligence entrevistou 1,5 mil eleitores de 24 a 28 de junho. O grau de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número PR-06675/2018.

Goleada
“Temer pega carona na Copa e toma goleada de críticas”, destacou ontem (03) manchete do portal Congresso em Foco. A fase está tão ruim para o presidente, as postagens de cada jogo ganham milhares de reações negativas.

História
A Unila está com inscrições abertas, até 22 de julho, para o curso de especialização em Ensino de História e América Latina. São ofertadas 50 vagas a formados em história, pedagogia, humanidades e professores da Educação Básica que residem na na região de Foz do Iguaçu.

Nova Zelândia
Dr. Rosinha falou um pouco sobre seu plano para o Governo do Estado, na sabatina promovida pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP). Segundo ele, a intenção é integrar os setores da administração pública e sociedade para garantir o desenvolvimento social e concluir a rede de fibra óptica e colocar o Paraná no mesmo nível de países como a Nova Zelândia, referência em telecomunicações.

Bom negócio
O programa está com inscrições abertas até 12 de julho, para a 9ª turma. O curso é gratuito, com carga horária de 66 horas. As atividades são de 25 a 30 de setembro, com aulas em Ambiente Virtual de Aprendizagem. E-mails ao bomnegocio.uel@gmail.com

Lendas
O Sesc realizará seleção de cartões postais sobre lendas paranaenses. As inscrições vão de 2 de maio a 31 de agosto. A participação é gratuita. Informações no www.sescpr.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula continua na frente de Bolsonaro em nova pesquisa eleitoral

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conta com a preferência de 45% do eleitorado contra 23% do presidente Jair Bolsonaro (PL). Os números são da pesquisa do Instituto Quaest para a Genial Investimentos  divulgada nesta quarta-feira (12). Os percentuais correspondem às intenções de voto em um levantamento estimulado, isto é, quando são listados os nomes de possíveis candidatos.

A pesquisa mostra o candidato do PT com chance de vencer as eleições presidenciais no primeiro turno. Com relação à rodada anterior, porém, Lula caiu dois pontos. Tinha 47% em dezembro. O mesmo aconteceu com o presidente Bolsonaro. Ele tinha 25% e caiu para 23%.

Dentro do cenário estimulado, o ex-juiz federal e ex-ministro Sergio Moro

(Podemos) aparece com 9% das intenções de voto; Ciro Gomes (PDT) com 5%; o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), com 3%.

Nas simulações de segundo turno, Lula vence de todos os demais candidatos. Contra Bolsonaro, teria 54% contra 30%. Contra Moro, seria 50% a 30%. Contra Ciro, 52% a 21%. Com Doria, 55% a 15%. Numa disputa com o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, 57% a 14%.

Indecisos  – Na sondagem espontânea, quando não são apresentados nomes de candidatos aos entrevistados, o percentual de indecisos sobe para 52%.

Ainda na sondagem espontânea de intenções para presidente, o percentual de pessoas que afirmaram que votariam em Lula cai para 27%, mas ele segue à frente de Bolsonaro que registrou 16% das menções.

Além deles, os únicos a pontuar foram Sérgio Moro e Ciro Gomes, ambos com 1% das intenções de voto.

Foram ouvidas duas mil pessoas, de 6 a 9 de janeiro, e a margem de erro é de dois pontos percentuais. O nível de confiabilidade é de 95%. A pesquisa foi registrada sob o número BR-00075/2022 na Justiça Eleitoral.

Primeiro secretário da Assembleia participa da posse do desembargador José Laurindo no Conselho de Presidentes dos TJs

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), primeiro secretário da Assembleia Legislativa do Paraná, participou nesta segunda-feira (10) da posse do presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador José Laurindo, no comando do Conselho dos Presidentes dos Tribunais de Justiça (Consepre).

Romanelli, que representou a Assembleia Legislativa na cerimônia, parabenizou o desembargador José Laurindo e destacou a importância de um paranaense na presidência do Conselho. “O desembargador José Laurindo foi eleito por aclamação para comandar o trabalho de fortalecer o papel constitucional e a representatividade da justiça estadual.

O desembargador José Laurindo é o primeiro paranaense a assumir o cargo máximo do órgão que reúne os presidentes dos judiciários de 26 estados e do Distrito Federal. O Conselho busca integrar esforços para valorizar e garantir a autonomia da Justiça Estadual.

Romanelli também reforçou a boa relação entre a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça do Paraná. “Há a preocupação coincidente em tornar os poderes mais acessíveis à população, sobretudo à população mais carente. Temos construído boas soluções em conjunto com o Tribunal de Justiça do Paraná”.

Também participaram do evento o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli; o vice-governador do Paraná, Darci Piana; presidentes dos Tribunais de Justiça dos Estados; desembargadores do TJPR, o chefe da Casa Civil, Guto Silva; a ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti; o deputado federal, Ricardo Barros; o senador Flávio Arns; o deputado estadual Tiago Amaral entre outras autoridades.