Cida recupera R$ 119 milhões e garante construção de presídios no Paraná

Um dos grandes legados deixados pela governadora Cida Borghetti é a recuperação dos recursos federais para a construção de presídios no Paraná. Anunciados ainda em 2011, o financiamento da Caixa Econômica de cerca de R$ 120 milhões ao Estado do Paraná sofria risco devido a demora para a execução dos projetos.

Ao assumir o Governo, Cida foi a Brasília para buscar solução ao impasse junto à diretoria da Caixa e ao Ministério da Justiça. Ao mesmo tempo, a governadora determinou agilidade à equipe do Estado. Como resultado todas as obras de construção, ampliação e reformas de presídios no Paraná hoje estão asseguradas.

Na semana passada, a governadora anunciou o início das licitações de mais quatro cadeias públicas que abrirão mais 3 mil vagas no Paraná. Serão construídas unidades em Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, Guaíra Londrina. Somadas a outras unidades em construção e em reforma, chegará a 6 mil novas vagas no Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com sucesso do PTI, governo destina R$ 180 milhões para parques tecnologicos

Com referência do Parque Tecnológico Itaipu, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações lançou chamada pública para destinar R$ 180 milhões para o desenvolvimento de parques tecnológicos no Brasil. Os recursos sairão do Fundo Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico — R$ 100 milhões para os que já abrigam cinco ou mais empresas e R$ 80 milhões para projetos em fase de implantação.

TCE e Inpe firmam parceria para monitorar obras

O presidente do TCE, Fábio Camargo, assina na quinta-feira, 9,  em Brasília, com o ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), acordo com o Inpe para monitoramento, via satélite, das grandes obras no Paraná, inclusive as que estão paralisadas. O Inpe já testou o projeto em três obras: hospital de Francisco Beltrão, pavimentação da Estrada do Socavão (Castro) e a reforma e ampliação do Aeroporto de Maringá.