Cida anuncia repasse de mais R$ 145 milhões para obras e programas sociais em 241 cidades

Em uma agenda lotada nesta segunda-feira, 17, em Curitiba, a governadora Cida Borghetti anuncia investimentos de mais R$ 145,3 milhões para obras e programas sociais em 241 cidades. Logo às 9h, Cida anuncia 90,6 milhões para compra de 320 máquinas, equipamentos e veículos destinados a trabalhos de adequação e melhoria de estradas rurais em 241 municípios. Os recursos são do Ministério da Agricultura e da Secretaria da Agricultura do Paraná.

Às 11h30, a governadora Cida e o ministro Alberto Beltrame (Desenvolvimento Social) anunciam R$ 12,4 milhões para ações voltadas à primeira infância e recursos para 100 cidades aplicarem em atendimento a crianças e adolescentes. Também fazem o lançamento do Plano Estadual da Mulher e implantação de cofinanciamento estadual para o acolhimento de mulheres em situação de violência.

E as 16h30, Cida anuncia R$ 42,3 milhões para obras em 83 cidades. Pela Fundepar, serão R$ 8,3 milhões para reforma de sete escolas em Campo Mourão. E pela Paranacidade, serão mais R$ 34 milhões para obras de infraestrutura em 82 cidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com sucesso do PTI, governo destina R$ 180 milhões para parques tecnologicos

Com referência do Parque Tecnológico Itaipu, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações lançou chamada pública para destinar R$ 180 milhões para o desenvolvimento de parques tecnológicos no Brasil. Os recursos sairão do Fundo Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico — R$ 100 milhões para os que já abrigam cinco ou mais empresas e R$ 80 milhões para projetos em fase de implantação.

TCE e Inpe firmam parceria para monitorar obras

O presidente do TCE, Fábio Camargo, assina na quinta-feira, 9,  em Brasília, com o ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), acordo com o Inpe para monitoramento, via satélite, das grandes obras no Paraná, inclusive as que estão paralisadas. O Inpe já testou o projeto em três obras: hospital de Francisco Beltrão, pavimentação da Estrada do Socavão (Castro) e a reforma e ampliação do Aeroporto de Maringá.