Atleta iguaçuense conquista ouro e garante vaga em Campeonato Mundial Sub 20

o último sábado (15) Foz do Iguaçu foi mais uma vez bem representada pelos jovens do Instituto de Atletismo. A atleta Érica Geni Barbosa conquistou o ouro na prova dos 400 metros, com o tempo de 54’38”, durante o 5° Torneio Atletismo Paulista, realizado em Praia Grande, na Baixada Santista. 

A marca fez Érica saltar ao 1º lugar do ranking brasileiro sub 20 da modalidade e conquistar vagas para o Sul-Americano sub 20, previsto para ser realizado em Lima, Peru, entre 12 e 13 de junho; o Pan-americano sub 20, marcado para Santiago, Chile, em outubro; e o Campeonato Mundial sub 20, de 17 a 22 de agosto, em Nairóbi Quênia.  

Promessa nacional

Érica é atleta do Instituto de Atletismo de Foz do Iguaçu desde os nove anos de idade, por meio do projeto Jovens Atletas Campeões do Futuro, mantido pela Prefeitura de Foz do Iguaçu em parceria com a Itaipu Binacional.

“No começo era só por diversão, mas depois da primeira competição e primeira medalha comecei a levar a sério. Treinar e representar a cidade são conquistas maravilhosas e gratificantes. Um trabalho feito em equipe que desde o início está dando certo, como esses frutos que estamos colhendo”, celebra. 

Aos 18 anos, Érica é uma das grandes promessas do esporte nacional e mantém viva a esperança de representar o Brasil já nas Olimpíadas de 2024, em Paris. Para ela, as boas conquistas foram o resultado de um bom trabalho nos treinamentos e dedicação dos profissionais locais. 

Assim como no esporte que pratica, cada passo da carreira também é planejado e dado com calma. “Fico muito feliz e com o sentimento de dever cumprido. Tenho agora outros objetivos, como focar nas próximas competições que estão por vir. Venho sempre buscando melhorar o resultado, fazer um bom trabalho com meu atual técnico. Disputar as Olimpíadas seria uma grande honra, por isso vou dando um passo de cada vez, e aos poucos alcançando as metas”. 

Equipe de talentos

A equipe do Instituto é formada também por outros talentos da modalidade que não param de disputar competições de ponta. Já na próxima sexta-feira (21), Érica e outros três companheiros estarão em Bragança Paulista para o Campeonato Brasileiro sub 20 de atletismo. Os melhores colocados poderão também garantir vaga para o sul-americano.   

São cerca de 100 atletas ativos, que vem treinando de maneira reduzida por conta dos protocolos de segurança contra a covid-19. Desses, 40 fazem parte do programa Bolsa Atleta. 

“Temos atletas dedicados e competentes que não medem esforços em treinos e, por isso, conseguem resultados impressionantes. O talento local de Foz do Iguaçu é uma conquista de todos que acreditam no projeto”, afirma o coordenador do projeto, Sérgio Muniz dos Santos, o “Quick”.

Fonte: Assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Medicamento à base de Cannabis é liberado pela Anvisa; já são 11 no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o décimo medicamento no país à base de Cannabis, nesta terça-feira (18).

O Extrato de Cannabis Sativa Ease Labs 79,14 mg/ml é obtido por meio do extrato vegetal da Cannabis sativa, planta conhecida como ‘maconha’.

A Anvisa diz que o medicamento, fabricado na Colômbia, será importado e distribuído no Brasil como produto acabado e pronto para uso.

O órgão informa que a medida foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.), por meio da Resolução RE 136, de 17 de janeiro de 2022.

Segundo a agência, o remédio estará disponível sob a forma de solução em gotas para uso oral, contendo 47,5 mg/ml de canabidiol (CBD) e não mais do que 0,2% de tetrahidrocanabinol (THC) — substâncias da planta.

O medicamento será comercializado em farmácias e drogarias a partir da orientação médica por meio de receita do tipo B (de cor azul) — especial para prescrição de psicofármacos, diz a Anvisa.

Com isso, até o momento,o país dispõe 11 produtos aprovados pela Anvisa nessa categoria, de acordo Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 327/2019.

A agência reguladora reitera que, desses 11 produtos, cinco são à base de extratos de Cannabis sativa e seis de canabidiol. Confira a lista:

Canabidiol Prati-Donaduzzi (20 mg/mL; 50 mg/mL e 200 mg/mL);
Canabidiol NuNature (17,18 mg/mL);
Canabidiol NuNature (34,36 mg/mL);
Canabidiol Farmanguinhos (200 mg/mL);
Canabidiol Verdemed (50 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Promediol (200 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Zion Medpharma (200 mg/mL);
Canabidiol Verdemed (23,75 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Alafiamed (200 mg/mL);
Extrato de Cannabis sativa Greencare (79,14 mg/mL); e
Extrato de Cannabis sativa Ease Labs (79,14 mg/mL).

CNN Brasil

Paraná registra nesta terça-feira 23.870 novos casos de covid

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta terça-feira (18) mais 23.870 casos confirmados e 21 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas, que são de 16.809 casos e três óbitos.

O monitoramento da Covid-19 mostra que o Paraná soma 1.721.264 casos confirmados e 40.727 mortos pela doença.

Os casos divulgados nesta data são de janeiro (22.499) de 2022; dezembro (113), novembro (49), outubro (90), setembro (159), agosto (218), julho (66), junho (83), maio (76), abril (49), março (85), fevereiro (29) e janeiro (34) de 2021; e dezembro (83), novembro (128), outubro (28), setembro (26), agosto (26), julho (24), junho (3), maio (1) e abril (1) de 2020.

Os óbitos são de março (3), abril (4) e dezembro (2) de 2021 e janeiro (12) de 2022.

INTERNADOS – 68 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados em leitos SUS (27 em UTIs e 41 em leitos clínicos/enfermaria) e nenhum em leitos da rede particular (UTI ou leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 856 pacientes internados, 305 em leitos de UTI e 551 em enfermarias, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Sesa informa a morte de mais 21 pacientes. São sete mulheres e 14 homens, com idades que variam entre 38 e 92 anos. Os óbitos ocorreram entre 25 de março de 2021 e 18 de janeiro de 2022.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (6), Ponta Grossa (2), Maringá (2), Umuarama, Rosário do Ivaí, Pontal do Paraná, Pinhais, Pato Branco, Londrina, Ibiporã, Curiúva, Borrazópolis, Araucária e Almirante Tamandaré.