Aplicativo Saúde Cidadã facilita acesso dos iguaçuenses a prontuários e resultados de exames

A Prefeitura de Foz do Iguaçu lançou uma ferramenta para facilitar o acesso dos moradores ao sistema de saúde do município. O aplicativo Saúde Cidadã reúne todos os laudos, receitas e prontuários de pacientes em consultas realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

Para ter acesso, basta baixar gratuitamente o app, na loja de aplicativos do seu celular, realizar o cadastro com CPF ou número do Cartão SUS, e acompanhar as solicitações. A plataforma foi desenvolvida a pedido da Secretaria de Saúde e com o acompanhamento da Secretaria de Tecnologia da Informação. 

Pelo Saúde Cidadã também é possível realizar o agendamento da vacinação contra a Covid-19, bem como conferir a data da segunda dose e verificar as demais vacinas pendentes. 

De acordo com a secretária de Saúde, Rosa Maria Jerônymo, a modernização do sistema municipal de saúde, com tecnologias como o aplicativo Saúde Cidadã, é uma tendência que deve ser seguida visando, principalmente, facilitar o acesso e melhorar o atendimento à população. 

“O cidadão não precisará mais esperar em filas para retirar exames ou se preocupar com papéis de prontuário, pois tudo estará em mãos com o aplicativo. É só conferir e utilizar conforme for necessário”, destaca. 

Marcação de exames

Outra vantagem do aplicativo é o acompanhamento em tempo real de solicitações, como exames marcados. Com a opção de filtrar, o paciente pode acompanhar a fila de espera, os exames agendados, com locais e horários. “O acesso a essas informações garante também maior transparência em relação aos serviços de saúde do município”, destaca a secretária de Saúde.  

Consultas

A plataforma conta também com a opção de avisos, emitindo alertas em datas próximas às consultas para lembrar ao paciente o horário e local, e também informações sobre o médico que irá atendê-lo. Os atestados médicos também foram digitalizados e podem ser conferidos na aba inicial do aplicativo.

Para acessar as informações, é preciso ter o cadastro atualizado na rede municipal de saúde. Para atualização dos dados, basta buscar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município.

Fonte: Assessoria

Foto: reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades podem receber vacina contra covid na segunda-feira (24)

Agendamento já está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br); doses serão aplicadas em 10 unidades de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde baixou, mais uma vez, a faixa etária do público-alvo da campanha de vacinação infantil contra a covid-19. Na segunda-feira (24) serão vacinadas as crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades.

O agendamento está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br). Também seguem sendo imunizadas as crianças de 5 a 11 anos que possuem comorbidades ou deficiência permanente.

De quarta-feira (20), quando iniciou a vacinação infantil, a sábado (22), 2.158 crianças receberam a primeira dose contra a covid em Foz do Iguaçu.

“Assim como foi com a vacinação dos adultos e também a dos adolescentes, vamos baixando a faixa etária tão logo possível, para que a imunização das crianças também ocorra de forma célere”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônimo.

As doses serão aplicadas nas seguintes unidades de saúde: UBS São João, Sol de Maio, Vila Iolanda, Maracanã, Padre Monti, Profilurb II, Vila C Nova, AKLP, Portal da Foz e Campos do Iguaçu.

Documentação

Os pais devem portar documento pessoal com foto, além de documento (RG, CPF e cartão SUS) ou certidão de nascimento da criança, para comprovar o parentesco, e comprovante de endereço. Crianças que não estiverem com o pai e/ou mãe deverão apresentar autorização por escrito (o modelo está disponível no link https://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/grupos.html?id_publicacao=726)

Para comprovar a comorbidade, os pais poderão levar exames ou laudos médicos que comprovem a condição.

PMFI

Itaipulândia adia ItaVerão e veta acampamentos no Balneário Jacutinga

O município de Itaipulândia elaborou um novo decreto a ser publicado na tarde desta sexta-feira (21), que irá trazer algumas medidas de combate à Covid-19: o adiamento do evento ItaVerão e um veto aos acampamentos no Balneário Jacutinga.

O objetivo é evitar aglomerações neste momento em que os casos de Coronavírus estão com alta contínua e evitar que variantes cheguem ao município.