Vacinação de crianças está planejada para 1ª quinzena de janeiro, diz Queiroga

Foto: Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil Matheus de Souza – Estadão Conteúdo O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que a vacinação de crianças de 5 a 11 anos deve começar a partir da primeira quinzena de janeiro. De acordo com a GloboNews, o ministro deu a previsão após uma coletiva de imprensa convocada pela Pasta. Condicionada a realização de uma consulta pública, a resistência do governo em iniciar a imunização da faixa virou tema no Judiciário. Hoje, a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu cinco dias para o governo explicar a consulta pública aberta sobre a vacinação. Na coletiva, o ministro diminuiu o tema ao afirmar que as explicações requeridas serão apresentadas à ministra pelo Advogado-Geral da União, Bruno Bianco. “Essas explicações serão prestadas, como já foram prestadas a outros ministros. Normal, isso faz parte do processo democrático”, afirmou. Na sequência, o ministro minimizou o problema relacionado ao apagão de dados do DataSUS, que desde o dia 10 sofre instabilidade devido a um ataque hacker. Na previsão de Queiroga, a estabilização dos dados deve acontecer, também, na primeira quinzena de janeiro. Queiroga negou ainda que a Pasta passe por um apagão de dados. “A Polícia Federal já apura esse fato, mas nós nunca ficamos no escuro, porque os dados chegam ao Ministério da Saúde, são processados no âmbito da Secretaria de Vigilância Sanitária e acompanhamos a evolução da pandemia em todos estados e municípios”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades podem receber vacina contra covid na segunda-feira (24)

Agendamento já está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br); doses serão aplicadas em 10 unidades de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde baixou, mais uma vez, a faixa etária do público-alvo da campanha de vacinação infantil contra a covid-19. Na segunda-feira (24) serão vacinadas as crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades.

O agendamento está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br). Também seguem sendo imunizadas as crianças de 5 a 11 anos que possuem comorbidades ou deficiência permanente.

De quarta-feira (20), quando iniciou a vacinação infantil, a sábado (22), 2.158 crianças receberam a primeira dose contra a covid em Foz do Iguaçu.

“Assim como foi com a vacinação dos adultos e também a dos adolescentes, vamos baixando a faixa etária tão logo possível, para que a imunização das crianças também ocorra de forma célere”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônimo.

As doses serão aplicadas nas seguintes unidades de saúde: UBS São João, Sol de Maio, Vila Iolanda, Maracanã, Padre Monti, Profilurb II, Vila C Nova, AKLP, Portal da Foz e Campos do Iguaçu.

Documentação

Os pais devem portar documento pessoal com foto, além de documento (RG, CPF e cartão SUS) ou certidão de nascimento da criança, para comprovar o parentesco, e comprovante de endereço. Crianças que não estiverem com o pai e/ou mãe deverão apresentar autorização por escrito (o modelo está disponível no link https://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/grupos.html?id_publicacao=726)

Para comprovar a comorbidade, os pais poderão levar exames ou laudos médicos que comprovem a condição.

PMFI

Itaipulândia adia ItaVerão e veta acampamentos no Balneário Jacutinga

O município de Itaipulândia elaborou um novo decreto a ser publicado na tarde desta sexta-feira (21), que irá trazer algumas medidas de combate à Covid-19: o adiamento do evento ItaVerão e um veto aos acampamentos no Balneário Jacutinga.

O objetivo é evitar aglomerações neste momento em que os casos de Coronavírus estão com alta contínua e evitar que variantes cheguem ao município.