Arquivos

Categorias

Umberto Eco, Monark e o empoderamento do “Idiota da Aldeia”

Umberto Eco, Monark e o empoderamento do "Idiota da Aldeia" Em 2015, um ano antes de sua morte, o grande intelectual Umberto Eco recebeu, em Turim, o título de Doutor Honoris Causa. Durante o discurso de agradecimento, em frente a colegas, professores universitários e estudantes, Eco, já se despedindo da vida em terra, resolveu tecer algumas palavras sobre a atualidade das interações sociais:

Joel Paviotti
Professor

As redes sociais e o empoderamento do “Idiota da Aldeia”: a última análise sociológica de Umberto Eco

Em 2015, um ano antes de sua morte, o grande intelectual Umberto Eco recebeu, em Turim, o título de Doutor Honoris Causa. Durante o discurso de agradecimento, em frente a colegas, professores universitários e estudantes, Eco, já se despedindo da vida em terra, resolveu tecer algumas palavras sobre a atualidade das interações sociais:

Anúncios

“O drama da internet é que ela promoveu o idiota da aldeia a portador da verdade. Normalmente, eles [os imbecis] eram imediatamente calados, mas agora eles têm o mesmo direito à palavra de um Prêmio Nobel. Antes, os idiotas da aldeia tinham direito à palavra em um bar e depois de uma taça de vinho, sem prejudicar a coletividade”.

Como um homem que passou a vida lendo e escrevendo sobre pessoas e situações, Eco se encontrava bastante estressado com os rumos que a comunicação tomou no mundo.

Anúncios

Na época, o tom foi considerado bastante arrogante, pois a fala era considerada muito antidemocrática, como se o autor se achasse no direito de tolher opiniões e espaços a depender do gabarito de cada sujeito.

Mas a frase não envelheceu com o passar do tempo, pois, em 2016, Donald Trump foi eleito nos Estados Unidos falando uma série de barbaridades e idiotices. Além desse evento, mais um uma onda de líderes caricatos e negacionistas, pessoas que se encaixam no termo “idiota da aldeia” tecido pelo autor, se elegeram ao redor do mundo, fazendo com que a frase de Eco, de um ano para o outro, fosse considerada um prenúncio profético dos tristes dias que viriam pela frente.

Anúncios