Arquivos

Categorias

Tempestade em Foz do Iguaçu ganha “tornado” #FakeNews nas redes sociais

Tempestade em Foz do Iguaçu ganha “tornado” #FakeNews nas redes sociais Informações, fotos e vídeos falsos ganham a adesão de pessoas mais preocupadas em parecer popular do que com verdade dos fatos

Informações, fotos e vídeos falsos ganham a adesão de pessoas mais preocupadas em parecer popular do que com verdade dos fatos

Uma moda que ganhou popularidade impressionante na última eleição, está cada vez mais presente no dia a dia da população. As #FakeNews, como são chamadas as notícias e imagens falsas disseminadas para confundir e espalhar mentidas, popularizou nas redes sociais do WhatsApp e Facebook um “tornado avassalador” durante a semana em Foz do Iguaçu. As informações são de Ronildo Pimentel, no Cabeza News.

Anúncios

Acionada por internautas do Facebook, a Agência Lupa da Folha de S.Paulo foi a campo e constatou que uma galeria de fotos, mais um vídeo que supostamente retrata a destruição causada por uma tempestade em Foz do Iguaçu, na última quarta-feira (12), está recheada de #FakeNews.

Dizia a manchete: “Tornado em Foz do Iguaçu na tarde de hoje, 13.12.2018” . A galeria de fotos e vídeos, as 16h30 do dia 14 de dezembro de 2018, já tinha sido compartilhada 112 mil vezes no Facebook. Isto mostra que a propagação de notícias falsas e, quase sempre sensacionalistas, agrada cada vez mais gente que se engaja em diferentes formas de propagação.

Anúncios

O blog registrou o temporal em Foz do Iguaçu, com fotos e vídeo da destruição na rodoviária. Os barracões do Ceasa foram severamente danificados. Um deles chegou inclusive a ficar destelhado. O prejuízo foi estimado em R$ 1 milhão.

Segundo um especialista em redes sociais, as informações, fotos e vídeos falsos ganham facilmente a adesão de pessoas mais preocupadas em parecer popular do que com a verdade dos fatos.

Anúncios

“Para Foz do Iguaçu, que é uma cidade com vocação turística, este tipo de informação pode atrapalhar muito, já que as pessoas se preocupam em viajar para locais que ofereçam segurança”, acredita ele.

Política
As #FakeNews, apesar dos debates em diferentes plataformas de discussão, fizeram um estrago na última campanha eleitoral. Vídeos destacando o chamado “kit gay” nas escolas da rede pública de São Paulo, apesar de desmentidos pelo próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE), fizeram um estrago na campanha de um dos candidatos.

Anúncios

Aqui no Paraná, o deputado federal Fernando Francischini, que fez a maior votação da história para a Assembleia Legislativa, com quase 430 mil votos, está respondendo por ter espalhado um vídeo, no dia da eleição, denunciando suposta fraude em urnas eletrônicas. O parlamentar pode inclusive, ter o mandato que vai assumir em primeiro de janeiro cassado, segundo pedido do Ministério Público Eleitoral.