Arquivos

Categorias

Presidente da Comissão de Turismo da Assembleia pede inclusão do Paraná na lista de destinos tendências do MTur

Presidente da Comissão de Turismo da Assembleia pede inclusão do Paraná na lista de destinos tendências do MTur Em ofício ao ministro do Turismo, Gilson Machado, o presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Soldado Fruet (PROS), demonstrou seu descontentamento com a lista dos destinos tendências no Brasil para 2022, lançada pelo Ministério do Turismo (MTur) na última terça-feira (15), na qual não consta nenhum município do Estado. Por isso, ele solicitou que o ministro analise a viabilidade de retificação do catálogo divulgado na Revista Tendências do Turismo, incluindo as cidades paranaenses, ou divulgação de um material específico sobre as belezas situadas no Paraná, em especial o Parque Nacional do Iguaçu.

Em ofício ao ministro do Turismo, Gilson Machado, o presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Soldado Fruet (PROS), demonstrou seu descontentamento com a lista dos destinos tendências no Brasil para 2022, lançada pelo Ministério do Turismo (MTur) na última terça-feira (15), na qual não consta nenhum município do Estado. Por isso, ele solicitou que o ministro analise a viabilidade de retificação do catálogo divulgado na Revista Tendências do Turismo, incluindo as cidades paranaenses, ou divulgação de um material específico sobre as belezas situadas no Paraná, em especial o Parque Nacional do Iguaçu.

“Como cidadão de Foz do Iguaçu, casa do Parque Nacional do Iguaçu, que comporta as exuberantes Cataratas do Iguaçu, uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo, e presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa, me causou espanto a divulgação da lista pela pasta federal sem a lembrança de nenhum dos 399 municípios do nosso Estado, como se o Paraná não fosse um expoente do turismo nacional e internacional, além de porta de entrada do Brasil na chamada Tríplice Fronteira com Paraguai e Argentina”, destacou Soldado Fruet.

O parlamentar ressaltou ainda que “diversas localidades do Estado têm o turismo como maior fonte de emprego e renda, sendo que a sua exclusão do rol oficial de destinos destaques para 2022, além de injusta, é extremamente prejudicial”. Segundo ele, na Microrregião de Foz do Iguaçu, composta também por Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha do Iguaçu, Matelândia, Céu Azul, Itaipulândia, Missal, Vera Cruz do Oeste, Serranópolis do Iguaçu e Ramilândia, “há inúmeras famílias que dependem diretamente do turismo como instrumento principal de renda e já enfrentam dificuldades em decorrência da crise sanitária instaurada pela Covid-19”.

Anúncios

De acordo com o presidente da Comissão de Turismo, a exclusão da região da lista do MTur causará maiores consequências concretas na vida dessas pessoas, extrapolando o objetivo da publicação, que seria incentivar o turismo nos destinos destacados. O deputado salientou que está em curso no Ministério do Meio Ambiente, via ICMBIO, a licitação de concessão do Parque Nacional do Iguaçu, por isso considera importante que a unidade de conservação receba maior mídia e incentivo neste momento. Conforme Soldado Fruet, a sugestão ao ministério visa o aquecimento do turismo e da economia regional, bem como o incentivo ao turismo de todos os estados de forma paritária e isonômica.