Parque Nacional do Iguaçu completa 83 anos nesta segunda, 10 de janeiro

O aniversariante é referência mundial na conservação da natureza e no turismo sustentável; neste ano, por conta dos protocolos de proteção aos visitantes, o parque não irá realizar ato público de comemoração

O Parque Nacional do Iguaçu, abrigo das Cataratas do Iguaçu, Maravilha Mundial da Natureza, celebra 83 anos de existência nesta segunda-feira, dia 10 de janeiro de 2022. A unidade de conservação brasileira, localizada no Oeste do Paraná, que faz fronteira com a Argentina, coleciona bons resultados na conservação da biodiversidade, na satisfação das pessoas que visitam o local, e integra o desejo e sonho de viagem de brasileiros e estrangeiros.

O Parque Nacional do Iguaçu foi criado em 10 de janeiro de 1939, por meio do Decreto-Lei nº 1.035, do então presidente da República Getúlio Vargas. No ano de 1986, recebeu o título, concedido pela Unesco, de Patrimônio Mundial Natural. Já as Cataratas do Iguaçu, localizadas no interior da unidade de conservação, receberam o título de Maravilha Mundial da Natureza no dia 11 de novembro de 2011.

O Parque Nacional do Iguaçu se consolidou, nestes 83 anos, como referência na conservação da natureza e no turismo sustentável no mundo. O parque, que é um dos mais visitados do Brasil, protege uma área de 186 mil hectares de Mata Atlântica e uma rica biodiversidade, abrigando uma fauna constituída por mais de 12 espécies de anfíbios, 48 tipos de répteis, 158 espécies de mamíferos, 175 de peixes, 390 espécies de aves e mais de 800 invertebrados identificados.

Identidade – De acordo com Cibele Munhoz Amato, chefe do Parque Nacional do Iguaçu, a unidade de conservação tem contribuído e cumprido sua missão. “Seguimos conversando com todas as entidades e segmentos envolvidos para o desenvolvimento sustentável do parque. O nosso trabalho está pautado em dois eixos: o primeiro é o reconhecimento e valorização de todas as boas práticas, relacionamentos e projetos desenvolvidos; o segundo, seguir estruturando e organizando melhorias para o parque que precisamos e queremos para os próximos anos. Tudo isso nós estamos construindo juntos.”

Além de abrigar um dos principais atrativos turísticos do mundo, o Parque Nacional do Iguaçu também possui grande importância para o desenvolvimento regional, gerando cerca de mil empregos diretos e mais de 15 mil indiretos. Em média, por ano, o parque gera R$ 25 milhões de ICMS Ecológico para os municípios do seu entorno. Estima-se que quase 30% da economia de Foz do Iguaçu esteja relacionada à visitação da unidade de conservação.

O Parque Nacional do Iguaçu também funciona como um grande laboratório a céu aberto, potencializando esforços em favor da conservação por meio de incentivo às pesquisas. Anualmente, o parque atende, em média, mil instituições de ensino, apoiando mais de 30 mil alunos, professores e pesquisadores. Grande parte dos trabalhos científicos relacionados ao parque, cerca de 500, são sobre sua colossal biodiversidade.

Gestão de referência no Brasil – O parque é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal responsável pela administração das unidades de conservação federais do Brasil. Desde o ano de 1999, o parque conta com gestão dos serviços de visitação turística da concessionária Cataratas do Iguaçu S.A., empresa iguaçuense que integra o Grupo Cataratas.

Após a concessão, o número de turistas foi aumentando, e desde o ano 2000 o parque já recebeu mais de 26 milhões de visitantes, chegando a receber mais de dois milhões de turistas em um único ano. Os constantes investimentos na qualidade de atendimento, combinados com ações de mídia, ajudaram o parque a se consolidar entre os atrativos mais visitados e sonhados do Brasil.

📸: Selecionamos 83 fotografias para celebrar o aniversário do Parque Nacional do Iguaçu. Confira: https://bit.ly/397kSix (créditos nas descrições das imagens)

Serviço:
Parque Nacional do Iguaçu – 83 anos
Data: 10 de janeiro de 2022

O Parque Nacional do Iguaçu está aberto para visitação todos os dias, das 8h às 16h. Os ingressos para visitar as Cataratas do Iguaçu são vendidos exclusivamente on-line, com agendamento de dia e horário para o passeio, no site cataratasdoiguacu.com.br.

Créditos fotografia:
Parque: Bruno Bimbato
Visitantes: Alexandre Soto
Onça: Arquivo Onças do Iguaçu
Barco: Macuco Safari
Helicóptero: Helisul

Mais informações:
www.cataratasdoiguacu.com.br
contato@catarataspni.com.br
Telefone: +55 (45) 3521-4400

Redes sociais:
WhatsApp: +55 45 9137-3444 (wa.me/554591373444)
Instagram: instagram.com/cataratasdoiguacu/
Facebook: facebook.com/cataratasdoiguacu
Twitter: twitter.com/CataratasBrasil
Telegram: t.me/cataratasdoiguacu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mãe de Bolsonaro morre aos 94 anos

Olinda Bonturi Bolsonaro, mãe do presidente Jair Bolsonaro, morreu na madrugada desta sexta-feira, 21. Ela estava internada no Hospital São João, em Registro (SP), desde segunda-feira, 17. Até o momento, não foi informado o motivo do falecimento.

“Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade. Nesse momento me preparo para retornar ao Brasil”, escreveu o presidente no Twitter. Bolsonaro está em visita oficial no Suriname.

Na publicação, o presidente fez uma homenagem com um vídeo de fotos da mãe ao lado da família.

Foto: Reprodução de redes sociais/Estadão

Chico Brasileiro sanciona lei para reposição de 8,35% para o funcionalismo público

O prefeito Chico Brasileiro sancionou, na tarde desta quinta-feira (20), as leis que preveem a reposição salarial de 8,35% para o funcionalismo público e também o abono e a atualização do piso salarial dos professores da rede municipal de ensino. De iniciativa do poder executivo, os textos tramitaram de forma célere na Câmara Municipal e serão publicados em Diário Oficial ainda nesta quinta-feira (20).

A administração municipal pode garantir os direitos e os benefícios aos servidores devido às ações de austeridade, que mantêm as contas de Foz do Iguaçu equilibradas. Por conta disso, o índice de reajuste concedido por Foz do Iguaçu é um dos mais altos do Paraná.

“Por conta das contas equilibradas e com revogação da Lei Complementar Nº 173/2020, que proibia a concessão de benefícios ao funcionalismo público em todo o território nacional, este ano está sendo possível retomar as melhorias no funcionalismo público, conforme tínhamos assumido o compromisso junto aos servidores e servidoras do Município”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro.

“Além de beneficiar diretamente o funcionalismo, as medidas também contribuirão para o aquecimento da economia local. Devemos enaltecer a participação dos vereadores e vereadoras, que dentro da harmonia e com independência, atuaram com muita celeridade na condução do processo legislativo”, emendou Brasileiro.

O Abono de Valorização dos Profissionais da Educação estabelece um valor de R$ 1818,30, que será pago aos mais de 2,5 mil servidores na folha de pagamento da competência de janeiro de 2022. O piso salarial dos professores passou a ser de R$ 2 mil para professores que cumprem 20 horas semanais, e R$ 4 mil para aqueles que atuam 40 horas.

“A Câmara Municipal, através dos seus vereadores e vereadoras, vem cumprindo o seu papel constitucional de dar grandes constituições à cidade. As medidas que estão sendo sancionadas hoje contaram com o apoio de todo o poder legislativo, que trabalhou muito para que os processos fossem analisados e votados em tempo recorde”, comentou o presidente da câmara, Ney Patrício.

Compromisso
Desde o início das negociações com os sindicatos, a atual gestão municipal manteve o compromisso de implantar os direitos e melhorias para os servidores públicos de Foz do Iguaçu.

“Quando há disposição, os avanços acontecem e nós sempre estivemos abertos para os diálogos, porque estamos comprometidos com as garantias e direitos dos servidores. A sanção dessas leis hoje demonstra um movimento importante e saudável da democracia, e também revela que, mesmo em meio a crise que enfrentamos mundialmente, a prefeitura conseguiu manter as contas equilibradas e honrar com os compromissos firmados”, reforçou o secretário de Administração, Nilton Bobato.

Pacote de avanços
Além da reposição e dos avanços nas carreiras dos professores e trabalhadores da educação, o Município cumprirá outros compromissos assumidos, que agora são possíveis com a extinção da Lei Complementar Federal Nº173/2020.

São eles: pagamento de referências para mais de 20 cargos – entre eles, dos agentes de apoio, que recebem atualmente os menores salários do município, e a implantação do adicional de insalubridade por ambiente de trabalho. Esse último representa um importante marco histórico na gestão, com a publicação do Decreto N°29.846/2021, que regulamentou o direito aos servidores municipais.

A prefeitura também dará continuidade ao parcelamento feito no ano passado das progressões atrasadas antes do período da vigência da Lei Nº173/2020.

AMN