Paraná inicia campanha de vacinação infantil contra a Covid-19

Isadora Libânio Despensieri, de 6 anos, foi a primeira criança vacinada contra a Covid-19 no Paraná. O Estado iniciou a imunização infantil contra a doença neste sábado (15), em Londrina, município em que ocorreu o início simbólico da proteção contra o coronavírus para o púbico de 5 a 11 anos.

“Estávamos esperando muito a vacina, pois eu sei que a vacina é uma maneira de proteger a Isadora. As crianças sofreram muito com a pandemia, sem entender o que está acontecendo. Então, nós sabemos da importância da vacinação” disse a mãe, Gisele Libânio.

Ainda na sexta-feira (14), o Estado enviou o lote de 65.500 vacinas para as 22 Regionais de Saúde em menos de cinco horas. O quantitativo descentralizado representa cerca de 5% da população infantil do Estado, estimada em 1.075 milhão.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, esteve em Londrina para acompanhar o início da imunização infantil.

“Mais uma vez, o governador Ratinho Junior cumpriu aquilo que havia prometido. Em poucas horas do recebimento da vacina pelo Ministério da Saúde, já havíamos descentralizado o lote para todo o Estado” destacou. “A campanha seguirá acontecendo nos próximos meses. Temos mais de 1 milhão de crianças em todo o Paraná e esse é um passo importante para a proteção de todas” reforçou.

O secretário municipal de Saúde de Londrina Felippe Machado, elogiou a agilidade na distribuição das vacinas no Estado.

“Temos que ressaltar toda a logística em relação à distribuição de vacinas. Nenhum outro Estado se organizou como o Paraná. Agradeço ao governador Ratinho Junior e ao secretário de Saúde Beto Preto para que pudéssemos iniciar a vacinação das crianças” frisou.

A vacinação seguirá diretrizes semelhantes às dos adultos, sendo iniciada por crianças com comorbidades e deficiência permanente, seguidas de indígenas e quilombolas, as que vivem em lares com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19 e, então, em ordem decrescente de idade, iniciando pelos 11 anos até chegar aos 5 anos.

Outros municípios do Paraná devem começar a vacinação infantil entre hoje e segunda-feira (17).

Foto: Danilo Avanci/SESA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novo diretor-geral brasileiro da Itaipu será o Almirante Antalício Risden Junior

O Ministério de Minas e Energia confirmou, ainda nesta terça-feira (25), a indicação do Almirante Anatalício Risden Junior para o cargo de diretor-geral brasileiro de Itaipu, em substituição ao general João Francisco Ferreira, que pediu demissão.

A informação foi confirmada à imprensa pelo ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque. O almirante Risden ocupa atualmente o cargo de diretor financeiro executivo da binacional

“Já iniciamos o processo, que leva mais ou menos duas semanas”, explicou o ministro a Agência iNFRA . Ferreira permanecerá no cargo até que haja a formalização de sua saída e a designação de seu substituto no Diário Oficial da União.

Boas vindas

A ex-governadora Cida Borghetti, lembrada para o cargo, usou as redes sociais para comentar a mudança. “Desejo muito sucesso ao novo diretor-geral da Itaipu Binacional, Almirante Anatalício Risden Júnior”.

“Gestor competente, tenho certeza que dará continuidade ao excelente trabalho do seu antecessor, o general João Francisco Ferreira”.

“Como conselheira da Itaipu, deixo o meu reconhecimento e a minha confiança na condução dessa gigante mundial da geração de energia”, concluiu Cida Borghetti.

 

Romanelli homenageia presidente do BRDE e destaca apoio ao desenvolvimento do Paraná

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB) entregou nesta terça-feira (25) uma menção honrosa da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) ao advogado Wilson Bley Lipski, paranaense e presidente do Banco Regional de  Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). “Aprovamos esta homenagem em reconhecimento ao trabalho realizado pelo Lipski em favor do desenvolvimento do Paraná”, destacou Romanelli.

Para o deputado, o BRDE é de extrema importância ao fomento econômico do Paraná, com linhas de financiamentos acessíveis ao setor privado, cooperativas e também com novas possibilidades de crédito para ajudar os municípios. “Nos últimos anos o banco ficou mais próximo da sociedade”.

Romanelli lembrou ainda que Wilson Bley Lipski foi superintendente do Paranacidade e realizou um grande trabalho junto aos municípios paranaenses. “É um profissional muito operacional e que vem dando um novo ritmo ao BRDE. Essa menção honrosa é um reconhecimento merecido a este paranaense que orgulha o nosso estado na presidência do banco regional”.

Balanço – A entrega da homenagem aconteceu na sede do banco em Curitiba e durante o encontro Lipski fez um balanço das atividades na instituição desde 2019, quando assumiu a diretoria do Paraná, e falou dos desafios como presidente, cargo que ocupa desde o final do ano passado. Segundo ele, a meta é tornar o BRDE o maior banco de desenvolvimento regional do Brasil.

De acordo com Wilson Bley, um dos desafios é aumentar a carteira de crédito aos municípios dentro da visão de geração de emprego e renda. Em 2021, os setores de comércio e serviços representaram 32,5% dos contratos firmados pelo BRDE no Paraná, enquanto a agropecuária atingiu 29,5%; a indústria 20,7%; e a infraestrutura 17,2%.

No ano passado, o Banco Regional de  Desenvolvimento do Extremo Sul liberou R$ 1,4 bilhão em créditos para investimentos no Paraná, com aumento de 15% em relação a 2020. O valor representa um terço de todas as operações realizadas pelo BRDE no ano passado. Foram contratados R$ 4,14 bilhões em financiamentos, somando todas as agências do banco no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.