Arquivos

Categorias

Nova concessão do Parque Nacional do Iguaçu será definida amanhã

Com o formato de leilão, será definido amanhã o responsável pela concessão do Parque Nacional do Iguaçu

Com o formato de leilão, será definido amanhã o responsável pela concessão do Parque Nacional do Iguaçu

O responsável pela nova concessão do Parque Nacional do Iguaçu pelos próximos 30 anos será conhecido em poucos dias.

Nesta terça-feira (22) acontece o leilão na Bolsa de Valores do Brasil (B3), em São Paulo, quando os envelopes serão abertos e anunciado o vencedor. Após a análise e prazos de recursos, será confirmado o novo gestor do parque.

Anúncios

Leia também

A partir daí, o vencedor terá que constituir uma Sociedade de Propósito Específico e deverá depositar o valor da outorga, quando se inicia um período de transição. Nessa fase, a atual concessionária (Cataratas do Iguaçu S/A) e a nova fazem a gestão compartilhada do parque, o que pode seguir até novembro deste ano, quando vence o atual contrato de concessão.

Localizado em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, o parque abriga as Cataratas do Iguaçu, considerada uma das maravilhas naturais do mundo e segundo principal ponto turístico do Brasil, atrás apenas da cidade do Rio de Janeiro. É a maior área remanescente de Mata Atlântica fora do Litoral.

Anúncios

Outorga mínima

Vence o leilão quem oferecer o maior valor de outorga, que tem o mínimo fixado em R$ 83,4 milhões, de acordo com o edital publicado pelo Ministério do Meio Ambiente em dezembro. O contrato total é estimado em R$ 1,93 bilhão. Quem assumir o parque terá que investir R$ 550 milhões em infraestrutura nos cinco primeiros anos da concessão.

Além disso, a nova concessionária terá que destinar 6% de toda a receita do parque, ao logo dos 30 anos, em projetos de pesquisa, planos de manejo de espécies, ações de educação ambiental, iniciativas de integração com os municípios do entorno, monitoramento e divulgação.

Anúncios

Pelo edital, o preço do ingresso ao parque não poderá passar de R$ 80, sendo que os moradores dos 13 municípios do entorno pagarão 20% desse valor. Para os moradores do Mercosul, o ingresso será, no máximo, 90% do total e a concessionária terá autonomia para estabelecer preço menores. Hoje, os ingressos variam entre R$ 19 e R$ 104. Outra novidade para os turistas será a possibilidade de adquirir pacotes especiais de visitas de mais de um dia.