Arquivos

Categorias

Nem só olhar para direita, nem só esquerda. Vamos olhar para frente, diz Santin Roveda

Nem só olhar para direita, nem só esquerda. Vamos olhar para frente, diz Santin Roveda O ex-prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, disse nesta segunda-feira, 31, que parte dos agentes políticos perde um "precioso tempo" debatendo problemas menores a procura de repercussão nas redes sociais em vez de trabalhar pela união nacional em torno de projetos que deem nova dinâmica no crescimento do país.

O ex-prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, disse nesta segunda-feira, 31, que parte dos agentes políticos perde um “precioso tempo” debatendo problemas menores a procura de repercussão nas redes sociais em vez de trabalhar pela união nacional em torno de projetos que deem nova dinâmica no crescimento do país.

“Me aborrece muito quando vejo parlamentares que conseguiram expressiva votação comentando e debatendo notícias pequenas por bombam nas redes sociais. A minha frase é “vamos trabalhar” em vez de ficar a procura de duas mil, três mil curtidas”, disse Santin em entrevista a Nossa Rádio de Bituruna.

Anúncios

Santin Roveda citou como exemplos que não trazem nada produtivo no debate nacional as expressões tipo “CPF cancelado”, “já foi tarde” e o compartilhamento de notícias comprovadamente falsas. “Para que? Qual é a construção? Não agrega nada, não constrói, não ajuda, não une”, considera.

“O que que faz uma família ir bem ou uma empresa ir bem?”, pergunta Santin Roveda ao apontar a união, o compromisso de um com o outro, abrir mão, ceder, conversar, dialogar. “Alguns idiotas querem, às vezes, é separar ou para jogar um contra o outro. Eu não estou dizendo que um é melhor e o outro é pior. Eu sempre falo: não olhe só para a direita, nem só para a esquerda, olhe para frente”, disse.

Anúncios

“O país precisa de trabalho e de união nacional em cima de projetos comuns que atendam todos os setores da sociedade, principalmente na criação de novos e na retomada do desenvolvimento e o crescimento das cidades brasileiras”, completa.