Missa seguida de show do Padre Reginaldo Manzotti, acontece nesta quarta-feira(22)

Conhecido por reunir multidões, o padre Reginaldo Manzotti vai celebrar uma missa, seguida de show de evangelização, a partir das 18h30 desta quarta-feira (22), no Gramadão da Vila A, em Foz do Iguaçu (PR). O evento com entrada gratuita é parte da programação do Natal de Águas e Luzes, organizado pela Itaipu Binacional, Prefeitura de Foz, Fundo Iguaçu e parceiros locais.
Assim como o show do cantor Daniel, a apresentação do padre Manzotti deve atrair um grande público ao Gramadão. São aguardadas até 20 mil pessoas – o limite liberado pelo alvará do Corpo de Bombeiros.  A organização do evento espera caravanas da região e dos países vizinhos.
Para curtir o evento com segurança e conforto, recomenda-se levar repelente e água, usar calçado fechado e confortável e trazer uma cadeira, principalmente, para acompanhar a missa. Como deve estar bastante calor no horário da programação, outra dica importante é que as pessoas levem água para se hidratar. E o mais importante: leve seu álcool em gel e mantenha a máscara no rosto o tempo todo.
No dia do show, o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) vai interditar o trecho da Avenida Américo Sasdelli entre a Avenida Paraná e a Rua Perdigão, em ambos os sentidos. A circulação de veículos no trecho será interrompida a partir das 13h. Recomenda-se às pessoas que forem se deslocar ao local com veículos que usem caminhos alternativos e estacionem o carro nas ruas próximas. Se possível, utilize transporte público, táxi, aplicativos ou carona solidária.
Segurança e cidadania
Uma grande força-tarefa está sendo montada, com mais de 200 pessoas envolvidas, para garantir o bem-estar do público. A segurança será reforçada em vários pontos. Sentado ou em pé, o público poderá acompanhar um show emocionante e tranquilo.
O evento também é a oportunidade para praticar a cidadania. Chegue um pouco mais cedo para entregar um quilo de alimento não perecível ou um brinquedo que serão recolhidos por um dos 40 voluntários espalhados pelo Gramadão e uniformizados com colete verde.
Outra forma de ajudar é aproveitando para brincar na roda-gigante, que vai funcionar das 15h às 19h.  O ingresso, que não é obrigatório e para quem puder doar, é um quilo de alimento.
E a solidariedade tem feito a diferença. Desde o início da programação do Natal no Gramadão, foram arrecadadas quase três toneladas de alimentos – somente no show do Daniel, no dia 19, o volume foi de uma tonelada e cem quilos.
O próprio padre Reginaldo Manzotti gravou um vídeo convidando a todos para contribuir com as pessoas que mais precisam e que ainda sofrem com as dificuldades econômicas provocadas, principalmente, pela pandemia da covid-19.
Nesta semana, o Natal de Águas e Luzes também recebeu dois mil brinquedos apreendidos pela Receita Federal. A iniciativa é de Prefeitura de Foz, Itaipu Binacional, Patronato Penitenciário e Unioeste. Os alimentos e os brinquedos estão sendo distribuídos para famílias em situação de vulnerabilidade.
O diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira, o prefeito Chico Brasileiro, e o presidente do Fundo Iguaçu, Enio Eidt, convidam a população para acompanhar a programação. “É um ato religioso de muita importância para quem acredita no verdadeiro espírito de Natal, que é o nascimento do menino Jesus”. Um momento de celebração da vida”, diz Ferreira. Para o prefeito, “será uma benção depois de um período de tantas provações causadas pela pandemia”. Já Enio acredita que “será um pré-fechamento do Natal de Águas e Luzes com muitas boas energias”.
Programação
O evento começa às 18h30, com a apresentação da banda do padre Reginaldo Manzotti, que vai preparar o clima do evento. A partir das 19h, o bispo Dom Sérgio de Deus fará a abertura da missa ministrada pelo padre Manzotti.
Durante a missa, haverá consagração da Eucaristia e ofertório. Todo dinheiro arrecadado será repassado para a conclusão das obras da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe de Foz do Iguaçu. Mais de cem ministros vão estar no local para entregar a consagração aos fiéis. Todos estarão identificados com bandeirinhas em vários pontos do local.
O show de evangelização está previsto para as 20h30 e deve durar cerca de 1h30.
O evento também será exibido pela Rede Evangelizar de Comunicação, do padre Reginaldo Manzotti, e retransmitido pelas redes sociais do Natal de Águas e Luzes de Foz do Iguaçu. O show do Daniel, no dia 19, teve mais de 35 mil visualizações nas redes sociais.
Na feira de Natal, atrás da Concha Acústica, haverá um estande com produtos – livros, CDs e DVDs – do padre Reginaldo Manzotti.
Quem é Reginaldo Manzotti
Sacerdote, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV, o padre Reginaldo Manzotti reúne todas as suas habilidades em prol da evangelização.
Em 2015, foi eleito pelo portal espanhol “Aleteia” o sacerdote mais acessado e seguido nas redes sociais do mundo e foi escolhido para ser Embaixador da Pastoral da Pessoa Idosa no Brasil.
Com mais de 1 milhão e meio de cópias vendidas, Padre Manzotti já lançou 12 CD´s e 4 DVD´s e foi indicado ao Grammy Latino em 2013 pelo trabalho “Paz e Luz”, gravado na Igreja da Candelária com as participações especiais de Thiaguinho, Fernando & Sorocaba, Thaeme & Thiago, Joanna e Cantores de Deus.
Autor de 10 livros, o sacerdote com uma linguagem simples e atual, apresenta uma seleção cuidadosa de evangelização e formação para você buscar e vivenciar o seu crescimento espiritual. Sacerdote que evangeliza pelos meios de comunicação, o padre apresenta programas de rádio e televisão que são retransmitidos e exibidos em milhares de emissoras do país, além de outros países como: Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Paraguai, Bolívia e Uruguai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Filipe Barros anuncia pré-candidatura ao Governo do PR

arlamentar estará em Ponta Grossa nesta quinta-feira (27), se reunindo com lideranças da direita

O deputado federal do Paraná, Filipe Barros (PSL), anunciou sua pré-candidatura ao Governo do Paraná nas eleições deste ano. Ele é o quarto nome que se coloca à disposição para estar à frente do Estado. Parlamentar pela cidade de Londrina, Filipe estará em Ponta Grossa nesta quinta-feira (27), conversando com lideranças da direita – ele deve receber apoio do atual presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL).

Cumprindo seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados, Filipe já ocupou uma cadeira na Câmara Municipal de Londrina entre 2016 e 2018. Em entrevista para um blog de política paranaense, o pré-candidato disse que tenta polarizar uma disputa com o atual governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) – que deve tentar a reeleição. “O governador quer ter palanque para Moro, Lula e Bolsonaro. Não existe isso na política. O presidente Jair Bolsonaro me questionou se eu toparia sair como candidato a governador”, explicou.

Nos bastidores, Filipe Barros tem simpatia do líder do Governo Federal na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP), que pode indicar o vice na chapa de direita. Na entrevista, ele fez críticas ao atual governador. “Um dos piores, senão o pior governo da história do Paraná. Como um rato, ele se esconde. Ele não deixou legado no Estado”, ressaltou.

Apesar do anúncio, Filipe também chamou a atenção quando se colocou como candidato à Prefeitura de Londrina em 2020. Na ocasião, acabou recuando da decisão. O pré-candidato bolsonarista ao Governo do Estado também disse que deixará o Partido Social Liberal (PSL) – futuro União Brasil, com a junção com o Democratas. O União Brasil tem se aproximado do pré-candidato à presidência da República, Sergio Moro (Podemos).

Outros candidatos

Além de Filipe Barros, os outros nomes que devem concorrer para governador do Paraná são: Ratinho Junior (PSD), Cesar Silvestri Filho (PSDB) e Roberto Requião (sem partido).

Romanelli apoia ação do PSB em favor da vacina contra a covid

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou nesta terça-feira, 25, a ação do seu partido que recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) para anular a recente nota técnica do Ministério da Saúde para o uso de hidroxicloroquina contra a covid-19. O documento também desqualifica o potencial das vacinas para combater a doença.

“Está comprovado que as vacinas salvam vidas. Milhares de pessoas poderiam estar aqui entre nós hoje se a vacinação tivesse sido iniciada no tempo certo. Mas tem gênios no governo federal que não querem enxergar este fato. Chega a ser ridículo”, afirma Romanelli. “Não há evidência de que cloroquina e hidroxocloroquina tenham efeito sobre a doença”.

O PSB protocolou um pedido de liminar para a suspensão da nota técnica, sustentando que o medicamento é comprovadamente ineficaz, que a orientação do Ministério da Saúde desconsidera uma série de atos legais e infralegais e que a política de vacinação deve ser priorizada para combater a pandemia.

Investigação – O partido também pediu a suspensão dos efeitos de outras duas portarias e solicitou que o STF abra uma investigação administrativa e cível contra Hélio Angotti Neto, que assina o recente documento do Ministério da Saúde.

Na petição enviada ao Supremo, o PSB defende uma nova análise das Diretrizes Brasileiras para Tratamento Medicamentoso Ambulatorial do Paciente com Covid-19, formuladas pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias), “com amparo em critérios estritamente técnicos”.