Jair Bolsonaro chama Deltan de “pilantra”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou Deltan Dallagnol de “pilantra” e disse que rejeitou uma audiência com o ex-procurador em 2019, no momento de discussão sobre indicação a procurador-geral da República. “Se eu tivesse audiência com ele, com toda certeza não ia indicar a PGR. Mas iria sair uma história pronta. Como faziam por ocasião de alguns depoimentos por ocasião da Lava Jato”, disparou ao apontar a fraude nas delações premiadas da finada força-tarefa de Curitiba.

“Escrevia o depoimento, chamava o cara para assinar. E ia falar o quê? Que eu teria feito proposta indecorosa para ele. Salvar um amigo, parente”, reforçou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jogos de azar

Relator do marco regulatório dos jogos de azar, o deputado Felipe Carreras (PSB-PE) apresentou o parecer final sobre o projeto, que tem a resistência de lideranças evangélicas. A proposta estipula regras para a legalização de cassinos e bingos. O relatório, de 69 páginas, sintetiza 25 proposições apresentadas desde 1991, tendo como ponto de partida um projeto de lei que retira o jogo do bicho do rol de contravenções penais. A bancada evangélica já anunciou o voto contra o marco. O presidente Jair Bolsonaro reiterou a líderes religiosos que vetará o projeto caso seja aprovado no Congresso.

Governo começa a distribuir cartões do Comida Boa

O Governo do Estado começou a distribuir os cartões do programa Comida Boa para as prefeituras dos 399 municípios do Estado. Eles serão entregues a cerca de 90 mil famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social e serão carregados com R$ 80 todos os meses para a compra de itens de necessidades básicas.