Governo do Paraná envia 307 mil vacinas e 116 mil medicamentos para as 22 Regionais; confira a divisão

O Governo do Estado realizou mais uma força-tarefa para acelerar o envio de vacinas contra a Covid-19 e medicamentos do kit de intubação para todas as 22 Regionais de Saúde na tarde desta sexta-feira (25). Ao todo foram encaminhadas, por via aérea e terrestre, 307.180 vacinas e 116.083 medicamentos.

“Enviamos vacinas e medicamentos para todos os municípios do Paraná, viabilizando que todos possam retirar ainda nesta sexta-feira o seu quantitativo na Regional de Saúde de sua abrangência”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. “Com isso, daremos prosseguimento ao processo de enfrentamento à doença em todo o Estado”.

O novo lote enviado pelo Ministério da Saúde contempla 439.340 vacinas contra a Covid-19, sendo 211.200 da CoronaVac/Butantan, 136.890 da Pfizer/BioNTech e 91.250 da Janssen, sendo que deste total 132.160 doses serão enviadas posteriormente.

Já os medicamentos são uma soma de aquisições do Consórcio Paraná Saúde (5.673), Ministério da Saúde (64.355), compra própria da Secretaria de Estado da Saúde (29.545) e doação da Klabin (16.510), que foi anunciada em reunião com o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

VACINAS – Seguindo a nova metodologia de distribuição, anunciada pelo Governo nesta quinta-feira (24), as doses estão sendo enviadas de acordo com a cobertura proporcional de grupos prioritários ainda não finalizados, início da vacinação de trabalhadores do transporte e continuação da imunização da população em geral.

MEDICAMENTOS –Os mais de 136 mil medicamentos elencados no chamado “kit de intubação” incluem anestésicos, relaxantes musculares e sedativos, e serão encaminhados para hospitais do plano de atendimento Covid-19 e também para os municípios, para atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), por exemplo.

Confira a quantidade de vacinas que cada Regional de Saúde recebeu:

1ª RS – Paranaguá – 2.150 CoronaVac + 2.775 Janssen + 2.406 Pfizer = 7.331

2ª RS – Metropolitana – 29.020 CoronaVac + 32.245 Janssen + 48.276 Pfizer = 109.541

3ª RS – Ponta Grossa – 2.470 CoronaVac + 7.095 Janssen + 7.788 Pfizer = 17.353

4ª RS – Irati – 670 CoronaVac + 700 Janssen + 2.538 Pfizer = 3.908

5ª RS – Guarapuava – 3.260 CoronaVac + 3.370 Janssen + 5.184 Pfizer = 11.814

6ª RS – União da Vitória – 800 CoronaVac + 1.255 Janssen + 2.088 Pfizer = 4.143

7ª RS – Pato Branco – 2.730 CoronaVac + 1.500 Janssen + 3.204 Pfizer = 7.434

8ª RS – Francisco Beltrão – 2.540 CoronaVac + 1.790 Janssen + 4.464 Pfizer = 8.794

9ª RS – Foz do Iguaçu – 3.840 CoronaVac + 3.375 Janssen + 4.470 Pfizer = 11.685

10ª RS – Cascavel – 4.050 CoronaVac + 5.975 Janssen + 5.370 Pfizer = 15.395

11ª RS – Campo Mourão – 3.190 CoronaVac + 2.025 Janssen + 3.414 Pfizer = 8.629

12ª RS – Umuarama – 2.580 CoronaVac + 1.595 Janssen + 3.084 Pfizer = 7.259

13ª RS –Cianorte – 680 CoronaVac + 1.195 Janssen + 2.040 Pfizer = 3.915

14ª RS – Paranavaí – 1.390 CoronaVac + 1.565 Janssen + 3.132 Pfizer = 6.087

15ª RS – Maringá – 8.400 CoronaVac + 5.490 Janssen + 9.138 Pfizer = 23.028

16ª RS – Apucarana – 1.190 CoronaVac + 4.175 Janssen + 4.512 Pfizer = 9.877

17ª RS – Londrina – 4.930 CoronaVac + 6.200 Janssen + 11.892 Pfizer = 23.022

18ª RS – Cornélio Procópio – 860 CoronaVac + 1.325 Janssen + 1.986 Pfizer = 4.171

19ª RS – Jacarezinho – 810 CoronaVac + 2.310 Janssen + 3.246 Pfizer = 6.366

20ª RS – Toledo – 3.000 CoronaVac + 1.910 Janssen + 5.118 Pfizer = 10.028

21ª RS – Telêmaco Borba – 980 CoronaVac + 1.675 Janssen + 2.256 Pfizer = 4.911

22ª RS – Ivaiporã – 410 CoronaVac + 795 Janssen + 1.284 Pfizer = 2.489

Total – 307.180 vacinas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mãe de Bolsonaro morre aos 94 anos

Olinda Bonturi Bolsonaro, mãe do presidente Jair Bolsonaro, morreu na madrugada desta sexta-feira, 21. Ela estava internada no Hospital São João, em Registro (SP), desde segunda-feira, 17. Até o momento, não foi informado o motivo do falecimento.

“Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade. Nesse momento me preparo para retornar ao Brasil”, escreveu o presidente no Twitter. Bolsonaro está em visita oficial no Suriname.

Na publicação, o presidente fez uma homenagem com um vídeo de fotos da mãe ao lado da família.

Foto: Reprodução de redes sociais/Estadão

Chico Brasileiro sanciona lei para reposição de 8,35% para o funcionalismo público

O prefeito Chico Brasileiro sancionou, na tarde desta quinta-feira (20), as leis que preveem a reposição salarial de 8,35% para o funcionalismo público e também o abono e a atualização do piso salarial dos professores da rede municipal de ensino. De iniciativa do poder executivo, os textos tramitaram de forma célere na Câmara Municipal e serão publicados em Diário Oficial ainda nesta quinta-feira (20).

A administração municipal pode garantir os direitos e os benefícios aos servidores devido às ações de austeridade, que mantêm as contas de Foz do Iguaçu equilibradas. Por conta disso, o índice de reajuste concedido por Foz do Iguaçu é um dos mais altos do Paraná.

“Por conta das contas equilibradas e com revogação da Lei Complementar Nº 173/2020, que proibia a concessão de benefícios ao funcionalismo público em todo o território nacional, este ano está sendo possível retomar as melhorias no funcionalismo público, conforme tínhamos assumido o compromisso junto aos servidores e servidoras do Município”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro.

“Além de beneficiar diretamente o funcionalismo, as medidas também contribuirão para o aquecimento da economia local. Devemos enaltecer a participação dos vereadores e vereadoras, que dentro da harmonia e com independência, atuaram com muita celeridade na condução do processo legislativo”, emendou Brasileiro.

O Abono de Valorização dos Profissionais da Educação estabelece um valor de R$ 1818,30, que será pago aos mais de 2,5 mil servidores na folha de pagamento da competência de janeiro de 2022. O piso salarial dos professores passou a ser de R$ 2 mil para professores que cumprem 20 horas semanais, e R$ 4 mil para aqueles que atuam 40 horas.

“A Câmara Municipal, através dos seus vereadores e vereadoras, vem cumprindo o seu papel constitucional de dar grandes constituições à cidade. As medidas que estão sendo sancionadas hoje contaram com o apoio de todo o poder legislativo, que trabalhou muito para que os processos fossem analisados e votados em tempo recorde”, comentou o presidente da câmara, Ney Patrício.

Compromisso
Desde o início das negociações com os sindicatos, a atual gestão municipal manteve o compromisso de implantar os direitos e melhorias para os servidores públicos de Foz do Iguaçu.

“Quando há disposição, os avanços acontecem e nós sempre estivemos abertos para os diálogos, porque estamos comprometidos com as garantias e direitos dos servidores. A sanção dessas leis hoje demonstra um movimento importante e saudável da democracia, e também revela que, mesmo em meio a crise que enfrentamos mundialmente, a prefeitura conseguiu manter as contas equilibradas e honrar com os compromissos firmados”, reforçou o secretário de Administração, Nilton Bobato.

Pacote de avanços
Além da reposição e dos avanços nas carreiras dos professores e trabalhadores da educação, o Município cumprirá outros compromissos assumidos, que agora são possíveis com a extinção da Lei Complementar Federal Nº173/2020.

São eles: pagamento de referências para mais de 20 cargos – entre eles, dos agentes de apoio, que recebem atualmente os menores salários do município, e a implantação do adicional de insalubridade por ambiente de trabalho. Esse último representa um importante marco histórico na gestão, com a publicação do Decreto N°29.846/2021, que regulamentou o direito aos servidores municipais.

A prefeitura também dará continuidade ao parcelamento feito no ano passado das progressões atrasadas antes do período da vigência da Lei Nº173/2020.

AMN