Arquivos

Categorias

Álvaro Dias admite disputar governo se Ratinho Junior não cumprir acordo

Álvaro Dias admite disputar governo se Ratinho Junior não cumprir acordo O senador Álvaro Dias (Podemos) disse nesta quarta-feira, 9, em Cascavel, que pode sair candidato ao governo do Paraná, e que o ex-procurador Deltan Dallagnol disputaria o Senado em sua chapa. A candidatura estaria condicionada ao não cumprimento de um acordo pelo governador Ratinho Júnior (PSD). Álvaro Dias falou abertamente sobre sua intenção há pouco, em reunião na Associação Comercial e Industrial de Cascavel, onde se encontra para visitar o Show Rural.

O senador Álvaro Dias (Podemos) disse nesta quarta-feira, 9, em Cascavel, que pode sair candidato ao governo do Paraná, e que o ex-procurador Deltan Dallagnol disputaria o Senado em sua chapa. A candidatura estaria condicionada ao não cumprimento de um acordo pelo governador Ratinho Júnior (PSD). Álvaro Dias falou abertamente sobre sua intenção há pouco, em reunião na Associação Comercial e Industrial de Cascavel, onde se encontra para visitar o Show Rural.

A investida de Álvaro joga pressão no tabuleiro eleitoral. No Centro Cívico, até o fim de 2021, era dada como certa a coligação do Podemos com o PSD, com Ratinho candidato ao governo do estado e Álvaro para o Senado. Porém, desde então, dois movimentos colocaram dúvida na chapa Álvaro/Ratinho.

Anúncios

O primeiro foi a saída de Cesar Silvestri do Podemos e sua filiação ao PSDB para uma candidatura ao Palácio Iguaçu. Silvestri saiu atirando, acusando Álvaro e o Podemos de rifarem sua candidatura e um palanque próprio a Moro em negociações com Ratinho.

Já o segundo movimento foi o lançamento da pré-candidatura do ex-secretário chefe da Casa Civil Guto Silva (PSD) ao Senado. Embora Ratinho não tenha declarado apoio ao seu ex-secretário, também não negou. Muitos deputados da base devem apoiar candidatura do pato-branquense.

Anúncios

Outro fato que complica ainda vida de Ratinho é a eleição presidencial. Embora tenha uma ligação com o presidente Bolsonaro, Ratinho poderia ter de dar palanque a Sério Moro, candidato do Podemos ou mesmo ao ex-presidente Lula, que trabalha para ter o PSD em sua chapa já no primeiro turno em 2 de outubro.