ACIFI destaca conquistas que impulsionam desenvolvimento de Foz do Iguaçu

Após dois anos de grandes desafios, 2022 chega com bons motivos para Foz do Iguaçu renovar a esperança em dias melhores para todos. Sempre surpreendente, a cidade tem registrado expressivos investimentos públicos e privados que devem impulsionar a geração de emprego e distribuição de renda nos próximos meses.

É com esse otimismo que a Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu olha para o futuro. Até porque a ACIFI não tem poupado esforços para apoiar a logística, o turismo, a saúde e a educação (ciência e tecnologia) – ciente de que esses pilares são a base para movimentar todos os segmentos econômicos locais, em especial o comércio e a rede de serviços.

Em seu balanço de fim de ano, a entidade destaca a inauguração da ampliação do aeroporto internacional e o avanço na construção da segunda ponte entre Brasil e Paraguai e da Perimetral Leste. Tudo isso já de olho na duplicação da BR-469, na edificação do novo porto seco e na aguardada consolidação do distrito industrial.

Para a entidade, grandes projetos assim dão gás ao empreendedorismo empresarial focado na inovação, bem como a sonhos ainda maiores, como novos bairros inteligentes (a exemplo da Vila A), o próprio uso das margens do Rio Paraná e a viabilização do ramal da Ferroeste de Cascavel a Foz do Iguaçu.

Importância da Itaipu

Segundo o presidente da ACIFI, Faisal Ismail, nesse sentido vale ressaltar o papel fundamental e estratégico da Itaipu Binacional por meio do ex-diretor-geral brasileiro general Joaquim Silva e Luna e do atual diretor-geral, o general João Francisco Ferreira. “Além das obras estruturantes, estamos vivendo agora um Natal memorável coordenado pela Itaipu, prefeitura e Fundo Iguaçu”, frisa o dirigente.

Em sua avaliação, é importante valorizar a integração da sociedade civil organizada, que já contava com o Codefoz (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu) e, desde maio de 2020, avança ainda mais com o Acelera Foz, sob coordenação do Codefoz, Itaipu, prefeitura, PTI, ACIFI, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento e Comtur.

Esse breve apanhado de ações com desdobramentos em âmbito local, regional, estadual, nacional e internacional demonstra que com união é possível alcançar grandes conquistas. Outro propósito da ACIFI é diversificar a economia do município e tornar a cidade referência em inovação, seja no comércio, turismo, indústria, serviços, educação, entre outros setores econômicos.

“E já podemos colocar entre nossas metas para o próximo ano a concretização de vários projetos semeados neste ano, como o Escritório de Atração e Recepção de Investimentos de Foz do Iguaçu, uma das ações prioritárias do Programa Acelera Foz. Essa medida objetiva captar recursos e atrair empreendedores para a cidade, gerando cada vez mais emprego e renda”, afirma Faisal Ismail.

Foto: Roger Meireles/ Arquivo/ Acifi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeito de Foz está com covid

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro (PSD), já pode pedir música no Fantástico. Pela terceira vez, agora nesta quinta-feira, 27, Brasileiro testou positivo para Covid. O prefeito começou a sentir os sintomas na tarde desta quarta-feira, 26, e cancelou sua agenda em Curitiba – fez as reuniões por videoconferência. Chico Brasileiro está com sintomas leves, isolado, trabalhando em casa.

Sua mulher, Rosa Jeronymo, secretária municipal de Saúde, também testou positivo para a doença. A secretária está bem, apenas com sintomas leves. Ela segue trabalhando de casa, com reuniões on-line, acompanhando a situação da rede municipal de saúde.

Uenp confirma retorno às aulas presenciais

As aulas presenciais na Uenp serão retomadas regularmente no próximo 7 de fevereiro, seguindo decisão dos conselhos superiores da universidade. A reitoria adiantou que a medida é válida para todos os cursos de graduação e pós-graduação nos três campi: Jacarezinho, Cornélio Procópio e Bandeirantes.

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) lembra que é importante a adoção de todas as medidas sanitárias no combate à propagação da pandemia. “Os estudantes de todos os níveis de ensino devem ficar atentos à programação do curso e aos protocolos de biossegurança para evitar a proliferação da variante ômicron, que tem maior poder de transmissão”, alerta.

A reitora Fátima Padoan disse que a Uenp vai desenvolver atividades remotas de orientação pedagógica e sanitária para a comunidade universitária entre os dias 2 e 4 de fevereiro, para que os estudantes se preparem para o retorno presencial.

Em 2021, a Uenp já havia retomado as atividades presenciais dos cursos da área da Saúde, nos campi de Jacarezinho e Bandeirantes. Portanto, para os alunos deste segmento, as aulas presenciais recomeçam regularmente a partir do dia 2 de fevereiro.